o pé da questão

Sorria, aqui você é livre!

Fábio K

Construção

Dê na medida que receber, fazer algo além disso é de sua inteira responsabilidade e risco. Lembre-se de que ninguém é insubstituível. Quando te virarem as costas, a vida vai te mandar algo, só se mantenha firme e acredite. E quando eles pensarem que tudo o que você podia oferecer, você já ofereceu, mostre a eles que é no chão que se constrói grandes coisas.


sisyphus-image-01c.jpg

Por mais que tudo pareça perdido, sempre haverá algo que vai te sustentar. Muitos querem ver sua queda, e como sádicos te abraçam parabenizando enquanto seus corações desejam te ver no chão.No seu caminho muitos vão sorrir pra você, sorria de volta, mas não esqueça de saber quem é quem.

Dê na medida que receber, fazer algo além disso é de sua inteira responsabilidade e risco. Lembre-se de que ninguém é insubstituível. Quando te virarem as costas a vida vai te mandar algo, só se mantenha firme e acredite. E quando eles pensarem que tudo o que você podia oferecer você já ofereceu, mostre a eles que é no chão que se constrói grandes coisas.

Seja paciente e mantenha a cabeça erguida! Ninguém sabe de onde você veio, das lutas que você passou e das feridas que carrega. Ninguém sabe o que você lamenta e o que sonha quando deita a cabeça no travesseiro. Muitos vão te apontar o dedo e desdenhar do que você construiu, mas lembre-se que daqui a alguns anos você nem se lembrará dos rostos deles. Não se atente a opinião alheia, ela carrega muita frustração e inveja.

Alguns sentimentos não precisam de esforço. Saiba identificar onde mora a reciprocidade , saiba se doar para quem fez o mesmo com você. Não aceite migalhas, não se esforce, o amor não precisa ser conquistado ele é compartilhado. Não aceite menos do que você merece, não tente mudar ninguém ou fazê-lo enxergar qualquer coisa que seja. Você não veio aqui para ensinar ninguém a viver, quem quer aprender, naturalmente vai saber identificar suas qualidades e segui-las.

Dê conselhos mas não se consuma, não tire pedaço algum do seu ser. Você não é eternamente responsável por aquilo que cativas, o outro também tem essa responsabilidade, e quando você perceber que não é recíproco, deixe ir. Não tenha medo de ter poucos, tenha medo de ter muitos e tudo ser raso. Menos não é mais - é necessário.

Observe quem caminha ao seu lado, quem apoia suas ideias mais loucas, pois acredita que você é capaz de qualquer coisa nesse mundo. Há tempo pra tudo, e quando você estiver em obras seja benevolente consigo mesmo, se cobre menos, aceite a demolição e entenda o tempo da sua própria construção.

Evite olhar pela janela, concentre-se no que tem dentro, ame todas as etapas do seu próprio crescimento. Saia da bolha e projete seu futuro enquanto a tempestade cai, pois, quando os dias de sol surgirem você estará imponente e aqueles que te apontaram o dedo serão pequenas construções diante de você.


version 1/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Fábio K