Francisco Ladeira

Mestre em Geografia pela Universidade Federal de São João del-Rei; Especialista em Ciências Humanas: Brasil, Estado e Sociedade pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); articulista do Observatório da Imprensa e professor. Autor (em parceria com Vicente de Paula Leão) do livro A influência dos discursos geopolíticos da mídia no ensino de Geografia: práticas pedagógicas e imaginários discentes, publicado pela editora CRV.

  • tim maia.jpg
    Paradoxos brasileiros

    Tim Maia já dizia que o Brasil não poderia mesmo dar certo, pois em nosso país prostituta se apaixona, traficante se vicia, cafetão tem ciúmes e pobre é de direita.

  • brasil-barragem-brumadinho-021.jpg
    A tragédia de Brumadinho

    Até quando vidas humanas serão perdidas, matas derrubadas, espécies animais extintas e rios serão poluídos para atender à ganância sem fim dos grandes empresários?

  • selfie0mulher-20150128-0007.jpg
    Celebridades ontem e hoje

    Em outras épocas, só havia um caminho possível para ser uma celebridade: aparecer exaustivamente na grande mídia, preferencialmente em programas de televisão com grandes audiências. No entanto, essa realidade mudou com o advento das redes sociais. Basta um perfil no Facebook ou Instagram para que qualquer pessoa possa se sentir uma celebridade.

  • bolsonaro.jpg
    A esquerda que fica a reboque da direita

    Com a estratégia de atuação da esquerda brasileira nem precisaríamos de direita

  • damares.jpg
    O governo que parece um grupo de WhatsApp

    Com seus devaneios, autoritarismos e medidas antipopulares, Bolsonaro, em poucos dias de governo, já é um fortíssimo candidato a ser o pior presidente da história do Brasil.

  • retrospectiva-2018.jpg
    Um ano de incertezas

    Por uma dessas trágicas coincidências da história, no ano em que o AI-5 completou seu cinquentenário, o espectro do autoritarismo esteve bastante presente em nosso país. Nesse sentido, esperamos que a última virada de ano realmente tenha sido de “2018 para 2019” e não “2018 para 1964”.

  • liberais-e-fascistas-capa.jpg
    Fascismo e neoliberalismo na educação brasileira

    A mistura entre fascismo e neoliberalismo é absolutamente nefasta e, caso seja concretizada, trará o maior retrocesso da história da educação brasileira

  • coletes amarelos.jpg
    Sobre o cenário político brasileiro, neoliberalismo e reações populares

    Dificilmente Bolsonaro terminará o seu mandato.A questão que se coloca é o que virá depois disso. Tudo dependerá do equilíbrio de forças no campo político.

  • continencia.jpg
    Sobre a provável política externa de Bolsonaro

    Com Bolsonaro à frente do Planalto, é melhor já ir se acostumando com a ideia de que o Brasil será um anão geopolítico

  • guia-basico-de-como-se-livrar-dos-haters-na-internet.jpg
    O ódio nas redes sociais: breves reflexões sobre os haters

    Os haters odeiam, acima de tudo, a inteligência. Por isso os discursos de ódio e os ataques a quem pensa diferente são utilizados, sobretudo, para escamotear a sua maior fraqueza: o baixo nível intelectual. Essa é a grande (e inaceitável) frustração de um hater.

  • armário.jpg
    A Caixa de Pandora do obscurantismo está aberta

    Os desdobramentos das chamadas "jornada de junho de 2013", os "coxinhatos" de 2015, o Golpe de Estado de 2016 e o crescimento da campanha de Bolsonaro foram alguns dos acontecimentos que contribuíram para abrir a Caixa de Pandora do obscurantismo no Brasil.

  • leitura.jpg
    Analfabetismos em época de eleição

    Este artigo aborda como o processo eleitoral brasileiro tem sido marcado por notícias falsas e a concepção de "pós-verdade"

  • danilo-gentili-recebe-lobao-no-the-noite-1_300240_36.jpg
    O Rock errou: o triste fim da Geração 80

    Nem todos os roqueiros da década de 1980 aderiram ao conservadorismo. Nomes como Arnaldo Antunes, Paulo Miklos e Leoni ainda mantém posicionamentos democráticos. No entanto, as exceções não são suficientes para refutar a tese de que o rock nacional dos anos 80, de forma geral, encaretou.

  • coxinhas-2.png
    O fascismo no Brasil

    O fascismo no Brasil não surgiu com Bolsonaro, o que ele fez foi canalizar esse sentimento já bastante presente em nossa sociedade

  • golpe-militar-1964.jpg
    Atavismo social

    Se, em outras épocas, as pessoas acreditavam que no limiar do século 21 estaríamos discutindo sobre carros voadores ou colhendo os benefícios de uma sociedade em que não houvesse mais a exploração do homem pelo homem; a realidade nos tem mostrado a necessidade de explicar questões extremamente óbvias como o nazismo ser de extrema-direita, a existência de um golpe miliar no Brasil em 1964, o formato de nosso planeta e a existência da Lei da Gravidade