Francisco Ladeira

Mestre em Geografia pela Universidade Federal de São João del-Rei; Especialista em Ciências Humanas: Brasil, Estado e Sociedade pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); articulista do Observatório da Imprensa e professor.

  • aecio.jpg
    Na ditadura judicialesca não há o que comemorar

    Como já dizia Jessé Souza, o argumento de combater a corrupção (estatal, somente) é uma cortina de fumaça que esconde a verdadeira corrupção, localizada no mercado

  • maradona.jpg
    A geopolítica da Copa do Mundo

    A Copa do Mundo não está imune à condicionantes externos. Em 1942 e 1946, por exemplo, não houve o torneio justamente em virtude da Segunda Grande Guerra. O futebol, esporte mais popular do planeta, influencia e, como não poderia deixar de ser, também é influenciado pela sociedade.

  • 1228053_346435.jpg
    Porque a esquerda deve se unir em torno de Lula

    Este artigo faz uma breve análise sobre o atual cenário político brasileiro e as atuações das forças de esquerda

  • jesse_souza03_sociologo.jpg
    A tentativa de sequestrar a comoção popular

    Este artigo faz uma comparação sobre as tentativas da grande mídia brasileira em sequestrar as mobilização populares ocorridas em junho de 2013 e após a morte da vereadora carioca eleita pelo PSOL, Marielle Franco

  • Audiência-de-Deus-Salve-o-Rei.jpg
    Deus salve o rei e a estigmatização do negro em telenovelas

    Telenovelas são excelentes mecanismos para difundir tacitamente uma determinada visão de mundo. Lembrando um conceito criado pelo pensador marxista Louis Althusser, a mídia, como aparelho ideológico de Estado, está a serviço dos interesses da classe dominante. Portando, não é “mera coincidência” que a Rede Globo de Televisão reproduza cotidianamente em sua programação os valores classistas e racistas que norteiam a sociedade brasileira

  • paraiso-tuiuti-luzes-golpe-paneleiros-patos.jpg
    Quando o "vice" é mais lembrado do que o "campeão"

    Com todo respeito a Beija-flor, quando alguém falar sobre o desfile do carnaval carioca de 2018 daqui a cinquenta, cem ou duzentos anos, provavelmente, o primeiro nome a ser lembrado não será o da agremiação de Nilópolis, mas o da vice-campeã, Paraíso do Tuiuti

  • tuiuti-1-341x220.jpg
    A cobertura da Rede Globo sobre o carnaval carioca

    Sob a aspecto midiático, foi interessante constatar como a Rede Globo, detentora exclusiva dos direitos de transmissão do carnaval carioca, repercutiu os desfiles de Mangueira e Tuiuti, de acordo com os seus direcionamentos político-ideológicos

  • movimento-negro-passeata.jpg
    Reflexões sobre o Dia do Orgulho Ateu

    Assim como não é preciso ser mulher para apoiar o feminismo, ser negro para combater o racismo, ou ser homossexual para ser favorável às causas de gays e lésbicas, religiosos também podem defender o direito de ateus e agnósticos de se manifestar em público sem correr o risco de sofrer preconceito

  • manifestacao-13-marco-10.jpg
    Coxinha, um ator social sumido do espaço público?

    O coxinha classe média que não queria os pobres em aeroportos, agora encontra com eles em rodoviárias. Perdemos direitos duramente conquistados, mas pelo menos tiramos o PT.

  • privacidade face.jpeg
    Privacidade em tempos virtuais

    As modernas tecnologias trouxeram novas possibilidades de voyeurismo e de invasão de privacidade que fazem com que o mundo todo tenda a se transformar em um grande e único Big Brother

  • Juiza-que-autorizou-acao-da-PF-na-UFMG-soltou-neonazista.jpg
    2017: um ano de retrocessos

    Esperamos que, para o próximo ano, no mínimo, conforme o previsto no calendário eleitoral brasileiro, possamos escolher democraticamente nossos representantes no parlamento e na presidência da República

  • Karl_Marx_001.jpg
    Estratégias na perseguição a Lula

    Para a direita brasileira, patrocinada pelo imperialismo ianque, Lula não pode ser candidato; se for, não pode ser eleito; se eleito, não pode tomar posse; se tomar posse, não pode governar

  • coxinha no computador.jpg
    "Fake news" e a propagação em larga escala de "Teorias da Conspiração": efeitos colaterais das novas tecnologias da comunicação

    Com o advento da Internet, o clássico modelo de comunicação proposto por Harold Lasswell, baseado em quatro perguntas básicas, “quem diz o quê? Em qual meio? Para quem? E com qual consequência?”, tornou-se obsoleto. Isso significa que, ao contrário de outros veículos como rádio, televisão, jornal impresso e revista, a rede mundial de computadores reconfigurou a seta comunicativa, fazendo com que os seus usuários não sejam somente “receptores”, mas também potenciais “emissores” de informações.

  • cateiradetrabalho-min-678x381.jpg
    Consequências do golpe

    O golpe abriu a Caixa de Pandora do obscurantismo. A partir de então, os diferentes setores da direita – fascistas, fanáticos religiosos, “liberais”, homofóbicos, escravocratas, entre outros – estão se aproveitando do processo de ruptura democrática em curso e da relativa fragilidade das forças progressistas para tentar impor os seus ideais retrógrados a toda sociedade brasileira

  • kkk.jpg
    O fascismo também está entre nós

    Se não temos uma instituição como a Ku Klux Klan, em contrapartida, temos parlamentares que elogiam torturados do Regime Militar em pleno Congresso Nacional, humoristas especializados em contar piadas que ridicularizam minorias, justiceiros que amarram jovens negros em postes e pessoas que vibram a cada notícia sobre mortes ocorridas em presídios ou nas periferias das grandes cidades.Infelizmente, as ideias fascistas estão mais próximas de nós do que pensávamos. E não é bom “jair se acostumando” com isso!