olhar além

Para informar, reformar e transformar é preciso olhar além.

Val Romanha

Uma imensa vontade de explodir em palavras para expressar meu olhar sobre fatos, emoções e relações cotidianas a fim de transformar o mundo, o meu mundo, o inconsciente e o que transcende minha derme.

Feliz dia novo!

O primeiro dia do ano começa e você nem lembra mais que é ano novo, tá tudo tão igual! Ah, mas deve ser porque ainda é feriado. Quando chegar segunda-feira vai ser diferente.


a26b0-tumblr_l9z1b8pbqn1qcsxkvo1_500_large5b15d.jpg

Contagem regressiva, retrospectiva, abraços calorosos e vibrações positivas, gratidão e esperança. Planos, metas, sonhos, desejos, tudo cheio de otimismo. Um gole de espumante, sete uvas ou romãs, sete ondinhas para manter a tradição e, feliz ano novo!

São 365 dias, 8760 horas, 525600 minutos inteirinhos pela frente. A partir de agora o plano é retomar a academia, chegar cedo ao trabalho, cuidar da alimentação, dar mais atenção à família, organizar as finanças, começar um projeto social, fazer aulas de inglês, aprender aquele instrumento, etc, etc, etc.

No dia seguinte o despertador toca e você levanta num pulo achando que perdeu a hora para o trabalho. Uffa! O primeiro dia do ano é feriado, dá pra voltar a dormir sem hora pra acordar. Você acorda com aquela dorzinha de cabeça, lembra que exagerou no espumante da festa de réveillon. Toma um analgésico, um antiácido e abre a geladeira pra ver o que sobrou da ceia, porque, afinal, já até passou da hora do almoço.

Assim o primeiro dia do ano começa e você nem lembra mais que é ano novo, tá tudo tão igual! Ah, mas deve ser porque ainda é feriado. Quando chegar segunda-feira vai ser diferente.

Aí a primeira segunda-feira chega, o despertador toca e o primeiro pensamento do dia é "que pena que o feriado acabou!". A soneca toca algumas vezes e depois de uma luta intensa contra a vontade de continuar na cama enfim, o dever nos chama. Nossa! Exagerei na soneca, o café da manhã vai ter que ficar pra amanhã e no caminho invento uma desculpa pro meu chefe.

No trabalho, e-mails, contas, telefonemas, tarefas, aquela olhadinha na rede social, mais e-mails, tarefas, caramba! Esse feriado acumulou tanta coisa que nem vai dar tempo de almoçar. A academia vai ficar pra próxima segunda-feira, afinal, hoje o dia foi intenso demais. E o dia termina com TV, pizza e cerveja, afinal o dia foi tão estressante que é mais do que merecido.

E assim vão passando os dias e os planos de reveillon se parecem com os fogos de artificio. Até produziram um brilho no olhar, mas duraram apenas alguns minutos. A cada dia que passa a lembrança se dissolve mais e mais, até chegar o próximo reveillon com nova contagem regressiva, retrospectiva, abraços calorosos e positivas vibrações, gratidão e esperança, planos, metas, sonhos, desejos, tudo cheio de otimismo. Um gole de espumante, sete uvas ou romãs, sete ondinhas para manter a tradição e, feliz ano novo!

Mas até quando? Até olhar para trás e ser dominado pela frustração de ter deixado o vida passar agindo como uma nau sem rumo?

A gente vive esperando o começo do novo ciclo e deixa de viver o que a gente sonha e planeja para ele! E acaba esquecendo que décadas, anos, meses, semanas, serão sempre resultado do que fazemos dos nossos dias, minutos, segundos.

Porque esperar para começar a dieta na próxima segunda-feira se posso começá-la no próximo minuto? Porque esperar o reveillon para desejar felicidades a alguém se podemos fazer isso hoje?

Sempre é tempo de vestir nossa melhor roupa, tomar o melhor vinho, ligar para alguém especial, dizer "eu te amo", começar aquele projeto, abraçar alguém, desejar felicidade, fazer planos, ser mais otimista, ter mais esperança, ser mais grato. Sempre é tempo de dar ao mundo boas vibrações.

O tempo é relativo. Absoluto é dizer que nada muda se fizermos as mesmas coisas.

Todo dia é um novo começo e toda noite pode ser noite de reveillon. Feliz dia novo!!!


Val Romanha

Uma imensa vontade de explodir em palavras para expressar meu olhar sobre fatos, emoções e relações cotidianas a fim de transformar o mundo, o meu mundo, o inconsciente e o que transcende minha derme..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious //Val Romanha