olhos no mundo

Olhares que se abrem em palavras.

Rita Palma Nascimento

Olha para o Mundo com os teus olhos e não com os olhos do mundo.

  • pessoa-sendo-manipulada.jpg
    Regressaremos sempre ao lugar onde verdadeiramente nos somos

    Ser, honesta e integralmente quem somos, para nós e para os demais, jamais deverá ser sinónimo de culpa ou sentimento de inferioridade, mesmo que não nos tenham sabido sentir, viver, amar, acarinhar, respeitar e cuidar. Dar, é um dos pilares cujas fundações, bem profundas, garantem a sustentabilidade das relações pessoais e emocionais, sendo fundamental para a harmonia e equilíbrio, tanto da individualidade, como do casal.
    Contudo, é também neste ponto da doação que assenta a perigosidade de podermos deixar de nos ser, aos poucos, em relações que não entendemos, no seu início, serem unilaterais. Chamemos-lhe relações egoístas, na medida em que uma parte apenas dá e a outra se limita a receber.

  • 40078977_10212132785891793_1451637699814359040_o.jpg
    A Possibilidade dos Recomeços

    Na vida existem - e sempre existirão - períodos de mudança e transformação. À semelhança da transição entre estações do ano, também as etapas do nosso caminho são varridas por tempestades de inverno, ou abençoadas pelo florescer da beleza tranquila da primavera. O vento leva o que já não não acresce ou não nos serve a partir daí, e a chuva lava e purifica o que fica, preparando-nos para o período fértil dos recomeços.

  • InspiBLOG.jpg
    Cerca-te de Pessoas que Te Inspiram

    Pessoas. Terás sempre pessoas ao teu redor. As certas e as erradas.
    Serás obrigado a aprender a escolher entre quem te vai influenciar positivamente e entre aqueles que pouco, ou nada, te acrescentarão. Serás obrigado a perceber quem são as pessoas que te elevam e quem são os negativos que te enfraquecem.
    Pessoas que sabem utilizar tão bem o cérebro, quanto o coração. E estão contigo (e por ti) sem qualquer obrigação.

  • 002.JPG
    A guerra não cabe numa caixa de sapatos

    Um regime, cujos passos eram incontestáveis, mas que não mostrava as solas. Um regime, cujos sapatos, à medida que pisavam terreno pantanoso, eram de imediato substituídos. Um regime que fechava em caixas as vidas que pela pátria eram dadas. Muitas delas detonadas, por minas que se ativavam na sequência de um passo em frente – alguns dirão em falso - daqueles que em nome de Portugal combateram.

  • 20321638_t8unI.jpeg
    Xeque- Mate

    Como numa partida de xadrez. É crucial certificares-te de que o teu oponente não te decifra antecipadamente. Nunca se sabe de que capacidades estão os outros dotados. E quer no jogo, como na guerra, como na vida, a aptidão e prontidão para uma rápida resposta pode debilitar e surpreender o outro lado. A morte já não me surpreende, mas a surpresa poder-me-á levar à morte.

  • 20317795_sj06n.jpeg
    As Fomes da Guerra Colonial

    Corpos. Eram apenas corpos. Tanto os que caiam em combate, jaziam e apodreciam ao nosso lado, como os outros. Os delas. As que nos serviam o pecado tição.

  • 20309284_ySZcU.jpeg
    Nas Valas da Guerra Colonial

    Com a noite, descemos às valas, que era onde se dormia em Guidaje. E depois da morte, também.
    Fomos bombardeados três vezes durante a madrugada. Rebentavam projeteis, vidas e os ouvidos de quem ainda se mantinha alerta. A nossa artilharia respondeu e parou o ataque. Fizemos a contagem e quatro vozes não responderam.

  • Time-flies-cc-h.koppdelaney.jpg
    O livro do tempo

    Estendeu lentamente o braço e concentrou-se na abertura dos dedos da mão. Agarrou no livro pousado na pequena mesa de apoio, à sua direita, e levou-o até si. Exatamente até si - escrito pelo filho Duarte, mal Domingos sabia que a história nele contada era também a sua.

  • 14199675_1088573604543811_1512634562414621267_n.jpg
    Na voz de uma mulher

    Hoje não seria diferente.
    Chego uma vez mais, a horas, para te dizer que não esperes por mim. O meu tempo está a terminar, a vida não espera por mim, o meu relógio não pára e há um lugar para ser feliz. Eu quero lá chegar a horas, por isso não espero por ti. Tu chegas sempre atrasado e outras vezes nem chegas.

  • Amordaçados.jpg
    Bocas mudas Mentes amarradas Corações amordaçados

    Segui adiante certa de que toda aquela gente, durante as suas vidas, haveria abafado a voz dos seus corações, com palavras que nada mais teriam sido do que a voz do medo de estarem sozinhas.
    E ali estavam elas, juntas mas caladas, sendo o silêncio e o medo da solidão, o seu único elo de ligação.
    Assim vai o mundo.

  • porchat-777x437 (Copy).jpg
    O homem que não sabia o que era o amor

    E foi exatamente sem olhar para o lado, que ao entrar no metro tropeçou em Rute, que saía.
    "As minhas desculpas."
    "Não tem importância, preste somente mais atenção ao mundo em seu redor. É lá que estão as pequenas coisas da vida."

  • vou-ficar-casa-dos-pais-ate-aos-trinta-anos-tshirt.png
    Geração dos quase 30 e a casa dos pais

    "Com a tua idade já eu isto aquilo e o outro."

  • ideias_de_tattoos_mae_e_filha.jpg
    Quando os filhos não têm um super Herói, mas sim uma Super Guerreira

    Elas são mães e pais, não necessariamente por esta ordem, mas sim em simultâneo. Super Guerreiras sempre com a espada numa mão e o coração como escudo na outra.

  • tumblr_lfsqshtAa11qdbbywo1_500.jpg
    Que nunca nos falte a coragem para sermos felizes

    Que mais nos assuste não sorrir do que qualquer lágrima que possa cair.

  • 12662539_10205525883483362_8140888590116079508_n.jpg
    A sociedade e as Mulheres

    Querem-te forte. A vida assim o exige, costumam dizer. E dizer é fácil.
    Mas preferem que faças ballet.