outras frequências

Constantes inquietações que transbordam e vibram em outras frequências.

Não dá para controlar... erros!

Você já parou para pensar onde estaríamos se não fossem os nossos erros?


erros.jpg

Ainda bem que eles existem! É verdade, errar é uma das coisas mais maravilhosas que existem na vida. Você já parou para pensar onde estaríamos se não fossem os nossos erros?

Pois é, com certeza, de um jeito ou de outro, eles nos trouxeram para onde estamos hoje. E nem precisa atirar nenhuma pedra não, porque todos nós cometemos erros. Como dizem por aí... é humano! Errando, vamos crescendo e aprendendo sempre. Pelo menos, é isso que deveríamos tirar de lição quando damos uma vacilada: aprendizado.

Mas, tem gente que pensa que admitir seus erros está associado à humilhação e fraqueza. Isso é um problema, porque o primeiro passo para saber lidar com os nossos erros é admiti-los. Não devemos ser coniventes com eles, mas sim aprender. Depois, bola pra frente e vida que segue.

Essas pessoas que não toleram suas próprias falhas se cobram demais e ficam sempre na defensiva. Fogem da responsabilidade e colocam a culpa em qualquer outra coisa ou pessoa. Ah, e não toleram os erros dos outros também. Isso faz um mal danado!

Eu vou dizer uma coisa para vocês: aceitar errar e se permitir errar, para mim é uma virtude. É verdade, temos que aprender a enxergar o lado positivo de falhar. Eu acho que errar é arriscar, e arriscar é muito corajoso. É uma busca por querer ser sempre melhor, porque errando, pelo menos você sabe quais caminhos não deve seguir, não é verdade?!

Kathryn Schulz, a autora do livro: Por que Erramos - O Lado Positivo do Erro, diz que: “Aprendemos mais com os erros do que com os acertos. É bom acertar, ótimo para o ego, nossa sobrevivência depende de conclusões corretas sobre o mundo. Mas estar certo não é um processo de aprendizado, é um processo de reforço. Você não registra muita informação em estar certo a respeito de algo. Já quando percebe que está errado é forçado a recuar e a reconstruir a ordem dos fatos, o que te permite aprender.”.

Então, como eu estava dizendo, os nossos erros nos permitem traçar uma rota em nossa vida com muito mais bagagem, com muito mais segurança de fazer certas escolhas e tomar algumas decisões. Essa é uma sabedoria que se adquire quando aprendemos a conviver com os nossos erros, e principalmente, aceitá-los.

Por isso, vamos desencanar, porque não dá para acertar sempre e não dá para controlar algo que é tão natural e inerente a nossa essência: os erros. Mas uma coisa eu tenho pra mim, os nossos erros hoje são nossos acertos futuros!


deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/sociedade// //Manu Marques