Felipe Marçal

Ar frio, vento, movimento, céu aberto e olhar distante.

Pray for Everyone

Força para os franceses, força para os sírios, força para os mineiros, força pra quem precisa.


CTukshqVEAAZdHX.jpg

A reação do mundo ocidental aos ataques em Paris nos últimos dias propõe uma reflexão interessante: de onde vem tanta solidariedade?

É claro que não é errado se mostrar solidário, é lindo saber que, num mundo tão individualista, o sentimento de “dor coletiva” ainda existe. Mas, é impossível de não se questionar: por que quando morrem milhares de sírios frequentemente ninguém mostra-se tão solidário, mas com franceses há tanta comoção?

Pensando em estereótipos: o que é a França para nós? Parece que esse país representa a sofisticação, o romance dos filmes, a qualidade de vida, a casa das boas marcas de roupas, o país capitalista ideal, enfim, tudo o que a mídia é capaz de nos fornecer como estereótipos.

Vamos, por um momento, levar em consideração que estereótipos não são apenas pequenos padrões que geram casos de preconceito. Ao que parece, esse conceito transcende: estereótipos são como elementos arquetípicos capazes de transitar no inconsciente coletivo de gerações muitas vezes sem nós mesmos perceber.

Penso que talvez aí resida a origem de tanta solidadriedade aos franceses: o ataque à esse povo, no fundo, mostra uma representação de ataque àquele estereótipo de “sonho francês” que a maioria dos ocidentais têm inconscientemente como objetivos de vida.

O objetivo aqui é de trazer um pouco essa reflexão sobre como o inconsciente coletivo da sociedade ocidental é tão pautado por estereótipos da mídia excessivamente capitalista-hollywoodiana; e talvez propor novos pensamentos que façam nós seres cada vez mais humanos.

Longe desse artigo qualquer interpretação que afirme que franceses deviam morrer, a violência é simplesmente degradante com qualquer tipo de ser humano. A questão é que solidariedade é sempre bem vida, com qualquer um: com as famílias das mais de 12 mil crianças já mortas na guerra civil da Síria ou com os franceses nesses ataques absurdos.


Felipe Marçal

Ar frio, vento, movimento, céu aberto e olhar distante..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //Felipe Marçal