página um

Cinema e Literatura

Pedrina Costa Lisboa

Pedrina escreve com muito prazer para diversas plataformas online. Tem três filhos e todos eles miam.

Por que amamos Killing Stalking?

Killing Stalking é um manhwa (história em quadrinhos coreana) publicado independentemente pela Lezhin Comics, sendo Koogi a detentora dos direitos autorais. É um daqueles extraordinários casos de auto-publicação muito bem sucedido. Começou a ser publicado em novembro de 2016 em coreano e inglês e logo tornou-se popular no mundo inteiro. No Brasil há blogs e páginas nas redes sociais competindo para ver quem vai traduzir os últimos capítulos primeiro.


killing stalking.jpg Só doido shippa esse casal.

Afinal, o que é Killing Stalking?

Killing Stalking conta a história do jovem Yoon Bum que se apaixona por um amigo da faculdade, Sangwoo. Ele então começa a stalkear o rapaz e chega até o limite de invadir a casa deste para confessar seus sentimentos. Quando ele entra na casa, encontra uma jovem presa no porão e descobre que seu amado Sangwoo é na verdade um psicopata. A partir daí um relacionamento torturante e intensamente sexual desenvolve-se entre os dois.

O que esperar de Killing Stalking?

  • - Relacionamento homossexual: yaoi sim senhor;
  • - Violência gráfica extrema;
  • - Sexo: hétero e homo. Tem de tudo;
  • - Relacionamento abusivo: vai namorar um psicopata e quer o quê?
  • - Humor negro: sabe aqueles momentos "se rir vai pro inferno?". Então, a comic é cheia disso;
  • - Suspense;
  • - Personagens encantadoramente reais: entenda que não necessariamente eles são "bonzinhos", afinal estamos falando de um stalker e de um psicopata;
  • - Amor (?!) retratado do jeito mais doentio possível;
  • - O policial mais burro de todos os tempos;
  • - Traços belíssimos.

YOONBUM.jpg Coitadinho... ou não.

Koogi é uma artista de primeira linha, o trabalho é tão bem feito que é difícil acreditar que se trata de um projeto solo. Não somente os traços são lindos, mas o desenvolvimento dos personagens e a trama é deliciosamente bem construída.

Sangwoo é assustador, vê-se claramente as inspirações em Norman Bates (Psicose de Robert Block), ele tem um passado com a sua mãe (que ainda não explicou exatamente o que é) e Patrick Bateman (Psicopata Americano de Bret Easton Ellis), no intenso cuidado com a aparência, e o comportamento educado e inofensivo perante a sociedade.

Já Yoon Bum é o cara que nos faz torcer e odiar, será ele tão louco quanto o seu captor? Sua história do passado é de violência e abuso, o rapaz se torna um stalker como consequência disso e ao que tudo indica ele não vai parar por aí.

A obra ainda está na segunda temporada e pode ser lida online diretamente no site da Lezhin Comics: https://www.lezhin.com/en/comic/killingstalking pagando uma modesta e justa quantia.

A artista pode ser encontrada no twiter: https://twitter.com/kooo_gi


Pedrina Costa Lisboa

Pedrina escreve com muito prazer para diversas plataformas online. Tem três filhos e todos eles miam..
Saiba como escrever na obvious.
version 25/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Pedrina Costa Lisboa