palavra pulsante

Propagando viagens através das estantes infinitas do universo.

Tainá Fragoso

Estudante de física em busca incessante pelo conhecimento e fascinada pelo universo. Apaixonada por literatura, música e chás, transborda loucura pela sétima arte.

Deixe a bela música decidir o caminho

A música é uma senhora curandeira, capaz de tratar das mais diversas aflições e solidões do mundo. Ela proporciona momentos de puro êxtase, faz florescer uma primavera de sensações, uma vontade de sair pelo mundo afora conhecendo pessoas ou de se isolar num quarto chorando a saudade. Música é coisa pra ser dividida, indicada e muitas, muitas vezes ouvida.


2016-09-10_01.36.15.jpg

A música é uma forma diferente de contar uma história. É "causo" em verso, é sentimento materializado através do som de diversos instrumentos juntos, numa balada intensa de energia. Assim como em um bom livro, muitas músicas tem o poder de nos fazer lembrar de acontecimentos, sentir saudade do que já foi ou mesmo "de tudo que ainda não vi".

A letra nostálgica e saudosa escrita por Ricardo Barreto e Evandro Mesquita consegue captar um desejo de viver uma aventura de amor, viajar sem rumo, deixar saudades, cantar na estrada ao lado de alguém especial. "A Dois Passos do Paraíso" é uma história de paciência, é a eterna espera dos apaixonados e que é ainda maior para aqueles que não são correspondidos.

images (2).jpg

A "Mariposa Apaixonada de Guadalupe espera o noivo fugido, desaparecido, que escafedeu-se", assim como esperamos que a solução de nossos problemas e tristezas apareça, em um "caminhão de faróis baixos e para-choque duro".

Será que a solução é partir? Partir num caminhão para uma viagem sem data de saída ou de chegada, "entrando em qualquer bar" e pensando no paraíso. Qualquer um pode fugir, mas poucos são fortes o bastante para voltar e enfrentar tudo o que deixou para trás, principalmente quando "o rádio toca uma canção que faz lembrar..." de lugares, dias e pessoas.

A vida é curta, mas longa o suficiente para ir e vir, ir por si mesmo e voltar por outros que tens e que estão a espera. Raras pessoas no mundo não têm alguém para esperá-las ou motivos para partir, todos somos "A Mariposa" e "Arlindo Orlando", ora entregando vida e tempo a outro, ora dedicando tudo de si para si mesmo, pedindo músicas silenciosas que somente um consegue ouvir, a voz tímida que vem de dentro e grita através de atos de rebeldia.

O problema é quando "há mais de uma semana" nos vemos "milhas e milhas distantes" não somente do amor, mas do próprio eu que crava suas garras em poucas terras desse mundo e deixa marcas profundas de lembranças que acabam por construir a alma de cada um. O importante é sempre se perguntar o porquê foi dizer "bye bye" e manter-se firme nas decisões, "voando alto, perto do céu".

images (3).jpg


Tainá Fragoso

Estudante de física em busca incessante pelo conhecimento e fascinada pelo universo. Apaixonada por literatura, música e chás, transborda loucura pela sétima arte..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// @obvious, @obvioushp //Tainá Fragoso