palavras na barriga

Verbalizo as emoções que me provoca o mundo!

Daniela Monteiro Torres

Apaixonada por viagens, acredita que:
"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa

Viajar sem sair do lugar

Para muitos viajar é um sonho, para outros é turismo, para uns poucos é um modo de vida ou uma decisão que tomaram.
Para mim, viajar é um dos maiores produtores de adrenalina que existe. E ninguém pode viver sem aquela chispa que nos faz sentir vivos.

Os cinco filmes que se seguem não estão por ordem de preferência, vi-os em momentos distintos e todos despertaram um sentimento diferente em mim.
Mesmo quando não vamos a lado nenhum, podemo-nos sentar no sofá e ir a todo o lado.


viajar.jpg

Antes de partir (EUA, The bucket list – 2007) Rob Reiner

Neste filme onde entram dois monstros do cinema, Jack Nicholson e Morgan Freeman, impõe-se o lema de que nunca é tarde para começar algo. Há mil e uma razões para viajar e a morte também é uma delas. Conta a historia de duas personagens que são doentes terminais e fazem uma lista das coisas que gostariam de fazer antes de morrer; depois disto, percorrem juntos muitos dos lugares mais fascinantes do mundo. É um filme sobre o final da vida, mas com uma forte mensagem sobre o que realmente importa: O Presente. Muitas vezes esquecemos os nossos sonhos, devido a responsabilidades impostas pela sociedade ou limitações económicas; mas só quando sabemos que já não vamos andar por cá muito mais tempo é que despertamos. Não deixemos para amanhã o que podemos fazer hoje.

Diários de Che Guevara (Diários de motocicleta –2004) Walter Salles

O filme relata uma viagem feita por El Che e Granado em 1952 pela America do Sul, onde ambos se descobrem a si mesmos, assim como a verdadeira identidade latino-americana. Uma viagem que muda o rumo das suas vidas e a forma como veem o mundo. Foi o ponto de partida para que Ernesto 'Che' Guevara renunciasse à vida cómoda, que até ali, vivia na Argentina e se transformasse no guerrilheiro mítico, que lutou pela liberdade e dignidade do ser humano. Todas as viagens mudam de alguma forma o nosso entendimento geral e principalmente a forma de nos vermos a nós e aos nossos. Questionamos as nossas prioridades e valorizamos coisas destintas. Desenvolvemos sentimentos e emoções que estavam guardados, e isso é o melhor que podemos trazer de cada viagem.

Imagen Thumbnail para image.jpg

Pela estrada Fora (França/UK, On the Road – 2012) Walter Salles

É uma historia que desperta o rebelde e irreverente que todos temos dentro de nós. Conta as aventuras de um grupo de poetas e escritores, de alma livre e coração aberto; que numa viagem de carro pela América dos anos 40, vivem como se não houvesse amanhã. Baseado no livro de Jack Kerouac, este filme mostra a essência da “road trip”, sair sem destino ao sabor do vento, levados pela adrenalina que provoca o desconhecido. Inspirado por drogas, álcool, liberdade sexual e paixões frustradas, On the Road, revela os princípios da geração Beat e desvenda o início de uma contracultura e do futuro movimento Hippie. Li este livro quando tinha 15 anos e forma parte da minha vida até hoje. Muitos anos depois, vi o filme e consolidei uma ideia que nasceu há muitos anos atrás: Somos muitos dentro de nós mesmos, somos de muitos sítios e de nenhum ao mesmo tempo, e o mundo é de todos nós.

África Minha (EUA, Out of Africa - 1985) Sydney Pollack

Um filme inspirado na obra homónima da escritora dinamarquesa Isak Dinesen, conta a história de Karen (Meryl Streep), que ao fazer um casamento arranjado, muda-se para o Quénia para explorar uma plantação de café. Na personagem da fantástica Meryl Streep, nasce um profundo amor por esta nova terra e pelo povo africano, que a acolhe de braços abertos. Tudo ganha mais intensidade quando começa uma apaixonante história com Denys Finch-Hatton, interpretado por Robert Redford. Este último representa o aventureiro em estado puro, curioso e destemido, com uma alma livre e arrebatadora. A fotografia de Africa Minha é uma das mais bonitas de todos os tempos, paisagens africanas com uma impressionante beleza, provocam emoções e recorda-nos o muito que ainda temos por ver.

Africa.jpg

A vida secreta de Walter Mitty (EUA. The secret life of Walter Mitty - 2013) Ben Stiller

Esta comédia americana não é um filme fantástico, e pode até ser que não tenha a capacidade de apaixonar o espectador. No entanto, tem uma mensagem real sobre as escolhas que fazemos na nossa vida. A personagem de Ben Stiller é editor fotográfico numa revista e inspirado pelas viagens de outro, sonha acordado enquanto imagina perigos e peripécias. Até que um dia, impelido por uma situação extrema, deixa o seu quotidiano aborrecido, faz a mochila e parte à aventura. Não faltam Walter Mittys por aí, pessoas que sonham em viajar, em conhecer o mundo, em experimentar coisas novas, mas que não têm a iniciativa de o fazer. Viajar faz-nos mais felizes, menos fechados, mais generosos; somos melhores pessoas quando vemos o que há lá fora e aprendemos a partilhar o que temos cá dentro.


Daniela Monteiro Torres

Apaixonada por viagens, acredita que: "O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." Fernando Pessoa.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Daniela Monteiro Torres
Site Meter