patrícia dantas

Crônicas das nossas realidades e ficções

patrícia dantas

Patrícia Dantas vê em tudo palavras que podem ser escritas e por isso escreve livremente. Acredita que todo mundo pode escrever.

A escrita criativa dentro de você

A escrita age com naturalidade quando a chamamos para perto da gente, às vezes é a melhor terapia, o remédio certeiro, o caminho mais livre, é o contato mais profundo com o ser dentro do ser. Tudo isso porque escrever nos coloca numa situação de responsabilidade solitária e intensa, insanamente gratuita e livre de qualquer julgamento.


Imagem de Engin_Akyurt por Pixabay.jpg

Nestes dias que passamos sufocados, e que parecem sem alívios imediatos, surgem algumas sutilezas gratuitas que a vida faz questão de lembrar que, ainda em meio ao caos, estão ali, procurando nos distrair e mostrar que podemos ser tocados por simples atos de amor, como a escrita criativa, que nos tira da zona de conforto e atua como uma sensação ampliada dentro da gente, criando contatos mais íntimos e curando as feridas que as palavras faladas não conseguem dar vazão.

A escrita age com naturalidade quando a chamamos para perto da gente, às vezes é a melhor terapia, o remédio certeiro, o caminho mais livre, é o contato mais profundo com o ser dentro do ser. Tudo isso porque escrever nos coloca numa situação de responsabilidade solitária e intensa, insanamente gratuita e livre de qualquer julgamento.

Acontece que algumas pessoas não sabem falar sobre seus anseios, histórias e sonhos, então necessitam dessa urgência de apenas escrever aleatoriamente para não perder esses momentos que dizem mais do que o próprio ato de viver. E buscam nessa escrita íntima e privada suas indulgências, fragmentações, alívios perante o cerco que as aflige, a liberdade de falar, gritar e explodir tudo, e depois, num relaxamento profundo, voltam para um café quente no sofá da sala.

O nosso ato de escrever é, a qualquer tempo, um deslocamento oportuno de intervalos e reflexões que acontecem quando a pessoa se esgota diante se si, é algo que jamais poderá voltar, ainda que reescrito com as mesmas ideias e intenções. Não há como reviver o que foi escrito no tempo futuro.

Indo mais longe e sem consciência alguma, escrever é uma forma de sentir dolorida, que nos eleva ou faz cair no abismos do que não sabemos, pode nos fazer enxergar uma face desconhecida ou imoral, é algo que faz reconhecer ou estranhar. Outras vezes, é bom deixar fluir e escrever apenas por escrever, sem grandes intenções, para passar um tempo diante de si que não voltará, mas que ficará registrado como se em algum momento você tivesse realmente existido.

Imagem de Engin_Akyurt por Pixabay


patrícia dantas

Patrícia Dantas vê em tudo palavras que podem ser escritas e por isso escreve livremente. Acredita que todo mundo pode escrever. .
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/literatura// @obvious, @obvioushp //patrícia dantas