penetra surdamente no reino das palavras...

E lá que estão os poemas, é lá que está a vida que espera ser escrita!

.MariBlue.

MariBlue Gomes é uma peixa-marciana, meio Dori, meio Clarice. Acredita verdadeiramente na poesia da vida e na vida da poesia.

Que 'bruxaria' é essa?!!!

Bruxaria
sf 1. Ação ou fato que se atribui a bruxas; feitiçaria, sortilégio. 2. Acontecimento extraordinário, inexplicável, que se atribui a forças sobrenaturais.


cappuccino.jpg Fonte da imagem: Internet

Certa manhã, enquanto aguardava sua vez em uma consulta de rotina, a moça foi a uma lanchonete para tomar um cafezinho. Pediu um cappuccino, sentou-se diante da taça gentilmente decorada e antes de provar de sua bebiba começou a ouvir vozes. Olhou em volta. Viu um rapaz absorto com seu smartphone, mais ao longe uma moça degustando um sanduíche. Um homem chegava à lanchonete.

Ninguém ali falava com ela. Eis que, surpresa, ela percebe que a voz vem de sua bolsa, então mergulha a mão vasculhando o fundo até encontrar o aparelho celular. Apressadamente a moça o retira da bolsa e a voz prossegue, dizendo: '– Ei, o que tô fazendo aí??? Tá tudo escuroooo!!!'.

celular.jpg Fonte da imagem: Internet

Ela leva alguns segundos para reconhecer a figura de cabeça para baixo na tela do celular que não apenas fala com ela, mas olha para ela intrigada. Finalmente segura o aparelho no ângulo certo e identifica uma grande amiga, que não vê há algum tempo, olhando para ela de modo interrogativo.

'– Liz???!!! O que você tá fazendo aí? Quer dizer, tipo, você me ligou?' E a amiga, também sem entender direito responde: '– Não, foi você que me ligou! Eu 'tava' aqui trabalhando, de boa, e quando vi tava num lugar escuro...'.

Esse lugar escuro era a bolsa da amiga, que, em momento algum daquela manhã discou o número do celular daquela pessoa ou fez uma videochamada no seu celular. Na verdade ela nem sabia como fazer uma videochamada. E a pergunta que não quis calar, escapou de seus lábios enquanto oferecia um gole de seu cappuccino à amiga que não via há tanto tempo:

'– Eita, Liz!!! Que bruxaria é essa?????!!!!'. E ambas explodiram numa risada entre divertida e confusa. Digerindo o ocorrido, as duas começaram a conversar amenidades. '– Então, como 'cê' tá? – Trabalhando muito? – O que conta de novidade? – Como estão as crias? – E sua mamãe? (...) Puxa, quanto tempo né?!' (...)

Compreendendo o acorrido como uma tremenda bruxaria tecnológica elas aproveitaram para saber novidades uma da outra e ainda houve uma tentativa de que a moça da consulta em espera pudesse ficar assistindo filme no tablet da amiga enquanto ela trabalhava; olha só que loucura!

Uma loucura da modernidade que, se bem utilizada, tem a vantagem de aproximar pessoas, abrir canais de comunicação e diminuir distâncias geográficas. Uma manhã atípica, intrigante, curiosa e tecnológica. Um divertido momento em que a moça aprendeu que até mesmo um smartphone pode manifestar o desejo imperioso de matar saudade de alguém muito querido!

bruxas_004.gif Fonte da imagem: Internet


.MariBlue.

MariBlue Gomes é uma peixa-marciana, meio Dori, meio Clarice. Acredita verdadeiramente na poesia da vida e na vida da poesia. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //.MariBlue.