pensando nessa gente da vida...

Reflexões de um educador que escreve para que não lhe falte o ar...

Marcel Camargo

"Escrever é como compartilhar olhares, tão vital quanto respirar"

MUITAS VEZES, DIZER “NÃO” NOS SALVA

Diga não a quem quer sugar, a quem só lhe procura como opção reserva, a quem só quer receber, sem a mínima questão de retorno; a quem mente, a quem ilude. Digamos não a quem nos torna piores, menos, mínimos, detestáveis.


hhhh.jpg

Um dos piores tipos de comportamento que poderemos ter vem a ser o medo de magoar, por não suportarmos pensar que alguém está bravo ou descontente conosco. Essa ânsia de agradar a todos fatalmente acabará por extenuar nossas forças, levando-nos ao enfraquecimento emocional, ao cansaço mental, diminuindo consideravelmente nossas chances de sermos felizes.

Muitos de nós não conseguimos lidar com a idéia de que existam pessoas que possam ter ficado chateadas com o que dissemos ou fizemos, mesmo que tenhamos agido corretamente, ainda que não tivesse como agir de forma diferente, mesmo que somente assim tenhamos nos resguardado. Com isso, caso sejamos esse tipo de pessoa que deseja agradar a todos, raramente - ou nunca - conseguiremos dizer não. Por favor, diga não!

Diga não quando você não tiver como fazer o que lhe pedirem, sem que se esgotem além do permitido suas forças, seja no trabalho, seja em casa, onde quer que esteja. Infelizmente, muitas pessoas são folgadas o suficiente para tentar se aproveitar dos outros, principalmente de quem percebem serem solícitos e bonzinhos demais. Preserve-se, porque quase ninguém fará isso por você.

Diga não quando lhe oferecerem algo que fuja do caminho da ética e da retidão, ainda que o resultado da oferta possa lhe trazer satisfação rápida. Não aos favores que possam lhe por em maus lençóis, a saídas ilegais para problemas quaisquer, a caminhos mais fáceis, porém impregnados de sujeira. Nada como ter a consciência tranquila, sabendo que, mesmo que esteja sendo difícil, sua jornada segue pautada por verdade e transparência.

Digamos não a quem quer sugar, a quem só nos procura como opção reserva, a quem só quer receber, sem a mínima questão de retorno; a quem mente, a quem ilude, a quem nos torna piores, menos, mínimos, detestáveis. Saibamos quem merece o nosso melhor e quem não merece é nada de nós, para que não percamos tempo e energia com gente falsa, infeliz e desnecessária.

Um dos maiores favores que faremos a nós mesmos será dizer não às pessoas certas nos momentos mais apropriados, sem titubear, sem remorso, sem peso na consciência. Negar ajuda a quem realmente precisa é imperdoável. No entanto, negar o que nos fere a quem nos quer feridos acabará por nos salvar, por nos libertar de tudo e de todos que não fazem falta alguma em nossas vidas.


Marcel Camargo

"Escrever é como compartilhar olhares, tão vital quanto respirar".
Saiba como escrever na obvious.
version 7/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Marcel Camargo
Site Meter