Alisson Ramos

Paranaense do interior, filósofo, pedagogo, curioso, sonhador, amante da fotografia, das conversas sem fim e das ideias fora do comum. Credor da filosofia e da educação como elementos de transformação social

Da sustentabilidade do Amor

Estamos muito preocupados com um mundo sustentável, com um país sustentável e com cidades sustentáveis, mas será que estamos preocupados em cultivar amores sustentáveis?


amor_sustentavel1.jpg Acredito que, se não todos, a maioria dos indivíduos busca um verdadeiro amor. Alguns já tiveram a sorte de encontrar o seu amor, outros ainda procuram e outros ainda, talvez desiludidos, desistiram dessa busca. Buscar por um amor perfeito talvez seja uma realização a ser conquistada pelo indivíduo, porém só a conquista não basta. A sociedade atual aparenta viver um momento de relativização daquilo que é o amor, sentimentos são passageiros, palavras são passageiras e as relações tornam-se da mesma forma passageiras. Vivemos um tempo onde as relações são de muito "touch" e pouco toque, de muitas amizades virtuais e poucas amizades presenciais, de muitos "likes" e poucos abraços, não somos uma sociedade de presença, mas sim, uma sociedade de relações virtuais. Brilhantemente o sociólogo Zygmunt Bauman vem apontando a nós essa relativização, suas obras nos levam a pensar, questionar e avaliar como vivemos as nossas relações atualmente. Em especial, o livro "Amor Líquido - Sobre a fragilidade dos laços humanos", apresenta uma reflexão profunda acerca da flexibilidade e insegurança das relações, onde os relacionamentos tornam-se cada vez mais frágeis e desumanos, sem confiança. Em nossa sociedade perdeu-se o romantismo do amor, perdeu-se a beleza da conquista e do "apaixonamento", e no lugar está a "pegação" e a "azaração". Fala-se tanto em mundo sustentável, em natureza sustentável, em cidades sustentáveis e empresas sustentáveis, mas esquecemos de cultivar lares sustentáveis, relacionamentos sustentáveis e amores sustentáveis.

Mas afinal, o que é ser sustentável e o que significa falar em sustentabilidade do amor?

Sustentável é a característica ou condição de um processo ou sistema que permite a este ser permanente e duradouro. Desta forma, viver um amor sustentável é ter a sorte de um amor que dure, que te torne feliz e que faça feliz também a pessoa que compartilha essa relação com você. Diferentemente das relações liquidas, o amor sustentável nos torna mais felizes, mais cúmplices, mais próximos, mais humanos. Um amor sustentável nos dá coragem de olhar para frente, de pensar no futuro e fazer planos. As relações são essenciais à nossa vida e não podemos deixar que elas nos escravizem. Cultivar relações sadias é importante à felicidade humana, pois nos tornamos mais humanos à medida que adquirimos a capacidade de nos relacionarmos com os demais. Sermos sustentáveis nas nossas relações é um passo essencial à sustentabilidade do amor, pois conseguiremos assim diferenciar coisas e pessoas, atribuindo a cada uma delas o seu verdadeiro valor. Cabe aqui lembrarmos o velho ditado: use as coisas e ame as pessoas, não o contrário.


Alisson Ramos

Paranaense do interior, filósofo, pedagogo, curioso, sonhador, amante da fotografia, das conversas sem fim e das ideias fora do comum. Credor da filosofia e da educação como elementos de transformação social.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @obvious //Alisson Ramos