promiscua eloquência.

Discursos, ensaios, cantos e prantos.

Felipe Aiello

Aspirante a escrita e filosofia; esbarrei no mundo das ideias e seus contribuintes, que pessoalmente tiveram impacto imensurável em minha vida. Me sinto angustiado a retribuir o favor desde então.

Pelo direito de sonhar

Para onde foram os sonhos?!
Do homem que crera na utopia, a mulher que
mesmo estéril, o primeiro filho paria. Com a maximização e a mecanização nossa sociedade esfria!


alicc.jpg

Aquele que gritava o futuro excelente, Agora não mais o faz. Pelo medo da repulsa da gente.

Maldito seja aquele com intuitos em sua mente! Cala-te de primeira instancia, ou espere pelo obvio atrito consequente. Precoce dilaceração na infância, pelas almas sem nada em mente.

Anteriormente, sonhador era eloquente eminente. Pobres tempos de hoje. Considerados vagabundos nas sarjetas à frente.

Que tempos são estes que vivemos? Sem historias calorosas, fazendo com que no mundo nos encontremos.

Crendo no impossível, logo após desperto... Insana será tua vida, tendo tais premissas por perto!

Eloquência é aquela que espanta! Assim dizia o grande orador. Por isso, não tema! Canalize a tua sem temor!


Felipe Aiello

Aspirante a escrita e filosofia; esbarrei no mundo das ideias e seus contribuintes, que pessoalmente tiveram impacto imensurável em minha vida. Me sinto angustiado a retribuir o favor desde então. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// //Felipe Aiello