prosa e flor

Sobre o amor e coisas simples

Lívine Soares

Baiana por natureza, mineira de criação, estudante de odontologia por amor.Aprendeu escrever antes de andar de bicicleta e desde então não parou mais. Acredita no poder do amor e das palavras. Adora um drama, olho no olho, café quentinho. Uma eterna apaixonada pela vida e coisas simples.

Reciprocidade nossa de cada dia

Faz pouco tempo que essa palavra se tornou parte do vocabulário de milhões de usuários na internet, acontece que se for parar pra pensar a respeito de seu significado, ela representa bem mais que curtidas nas redes sociais.


Segundo o dicionário, Reciprocidade é um substantivo que significa mutualidade, representando a característica daquilo que é recíproco. A reciprocidade é uma particularidade de grande valor na sociedade, porque de acordo com a psicologia as relações mútuas contribuem para a preservação de normas sociais. De modo geral, reciprocidade é o retorno daquilo que damos a alguém, principalmente no que se refere aos bons sentimentos. Ou seja, o bem deve ser recíproco, a amizade recíproca e o principalmente o amor. A teoria a respeito de que vão nos devolver aquilo que plantamos é linda, infelizmente a gente recebe mais espinhos que flores, a amizade vira aquele jogo de interesse e o amor nem sempre é correspondido. Aí a gente bate o pé e fica frustrado por correr tanto em busca da famosa recíproca que por falar nela, cadê?

2cf20e200ca2c770a044a65b100b0636_XL.jpg

Pode ser que nunca tenhamos andado tão carentes de retorno quanto agora. Os relacionamentos se tornam cada vez mais superficiais e a falta de tempo transformou a acessibilidade das telas em oportunidades quase que únicas de se comunicar. Acredito que por vezes a tecnologia mais afasta que aproxima, daí surge essa necessidade de estar inserido no grupo social, associando a reciprocidade ao numero de curtidas nas fotos, posts, comentários. E a falsa mutualidade vai aumentando, satisfazendo nosso ego e nos tornando potencialmente superficiais.

Parece que estamos o tempo todo querendo ser saciados por algo ou alguém e a busca pelo retorno faz com que os sentimentos se tornem vagos, visto que se esperamos algo em troca, a essência fica no ar e o foco acaba virando os resultados das metas que propomos a nós mesmos de que tudo o que fazemos de bom deve ser lembrado.

Doar-se demais muitas vezes resulta em frustração, porque no fundo, todo mundo espera que as pessoas reconheçam nosso valor e nosso papel na vida delas, acontece que infelizmente isso nem sempre acontece. Aí é hora de praticar aquilo que podemos chamar de auto-reciprocidade e talvez esse seja o maior segredo para manter-se bem: ser fiel aquilo que acreditamos porque se isso acontecer, dificilmente vamos nos decepcionar com a mensagem não respondida, a falta de gratidão e assim sucessivamente.

uma_forma_simples_de_usar_a_reciprocidade_para_aumentar_o_faturamento01.jpg

Viver a vida esperando retorno de algo ou alguém é como andar em círculos, por isso que antes de esperar a reciprocidade dos outros é preciso ser recíproco consigo mesmo! Estar em paz com aquilo que se prega, com aquilo que se diz.

Ame, seja amigo e faça o que gostariam que fizesse com você mas não tenha a ilusão de que isso seja devolvido a você algum dia.

Como disse Clarice Lispector: “Até onde posso vou deixando o melhor de mim... Se alguém não viu,foi porque não me sentiu com o coração”


Lívine Soares

Baiana por natureza, mineira de criação, estudante de odontologia por amor.Aprendeu escrever antes de andar de bicicleta e desde então não parou mais. Acredita no poder do amor e das palavras. Adora um drama, olho no olho, café quentinho. Uma eterna apaixonada pela vida e coisas simples..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Lívine Soares