pseudônima

Escrever é meu refúgio. É quando encontro-me e esqueço-me.

Adriane Cruz

  • 001.jpg
    O filme da minha vida

    O Filme da Minha Vida é uma obra completa onde vidas se entrelaçam sutilmente, envolvidas por pequenos detalhes e grandes sentimentos. Inesperadamente, a história nos faz refletir sobre a força e o poder do perdão, que muitas vezes se mostra como único o caminho para a felicidade

  • 1417636759903.jpg
    Nota de rodapé para dias de melancolia

    É inevitável: de tempos em tempos vamos nos cruzar. E a tristeza também nos ensina, assim como tudo que mexe com a gente. É só deixar que ela venha, diga o que quer e siga seu caminho...

  • The-intern.jpg
    Os jovens que somos e os velhos que seremos

    O filme “Um senhor estagiário” vai muito além do que dizem as sinopses, abordando não só o envelhecimento e seus percalços, mas os preconceitos sociais de todo tipo e a liberdade – ainda limitada – da mulher

  • eu_me_amo.jpg
    sendo legal comigo mesmo

    Somos muito cruéis com a gente mesmo. E muitas vezes sem nos dar conta de que toda e qualquer escorregada pode se tornar uma equação bem complicada para nossa mente, que vai ter de processar todo remorso e arrependimento e o resultado não há de ser dos melhores. Quando nos criticamos, somos ríspidos e hostis com quem deveríamos ser mais amorosos e cuidadosos: nós mesmos. Sendo auto compassivos, temos mais condições de filtrar as angústias, a raiva, a tristeza e a culpa, calibrando os sentimentos antes que eles se tornem códigos-fonte na programação da nossa mente e das nossas vidas