rascunhando

Um Elogio ao Acaso

Bruna Richter

Cabem tantos mundos da minha janela tímida que transbordo em palavras tudo o que me conduz para muito além de mim

  • Screenshot_2017-03-16-00-33-32-1_1489636398653.png
    Não Acredito em Bruxas, Mas que Existimos, Existimos!

    "Não gosto da vida em banho-maria,
    Gosto de fogo, pimenta, alho, ervas.
    Por um triz não sou uma bruxa!"

    (Martha Medeiros)

  • Screenshot_2017-03-07-15-06-58-1_1488910436181.png
    Fala?

    Quando as palavras se escondem...

  • Screenshot_2016-12-15-17-52-01-1.png
    A Vida Como ELA É

    Mulher pode sim!
    Claro que mulher pode!
    Aliás, se tem uma coisa que mulher pode... é poder!

  • PhotoGrid_1477451860388.jpg
    Prefiro Morrer de Amor

    “Te amei e amei a minha fantasia. Amei de novo e amei a nossa estreia. Amei meu próprio amor e amei a tua audácia. Te amei muito e pouco e comovidamente. Amei a historia construída, os ritos e os porquês. Te amei no crível e no incrível. Amei ser dona e te amei freguês. Te amei e amei a farsa arquitetada. Amei nosso caso e amei a nossa casa. Amei a mim, amei a ti, parti-me ao meio. Te amei no profundo, no raso e com atraso. Não era tua hora, não era minha vez.”

  • PhotoGrid_1474949246465.jpg
    Sobre o Desamor

    Quando desautorizo aquilo que é próprio do outro ou o impeço de raciocinar eu crio deliberadamente indestrutíveis precipícios entre nós.
    Violo sua liberdade e cerceio seu direito de se desprender de um eterno carrasco.
    Desse modo, cada vez mais surge o silêncio como resposta a algumas situações. Surge o desamparo.
    É perdida por completo a dimensão do amor nas relações.

  • PhotoGrid_1473897798243.jpg
    Metáfora do Amor Incondicional

    Não sei o que a vida quer de mim, mas talvez, o sentido da minha existência seja encontrar meu dom. E talvez o propósito dela, seja oferecê-lo. Portanto, pra você, todo o meu amor.

    O amor que sempre sabe transbordar...

  • PhotoGrid_1472175163080.jpg
    Apenas o Fim

    Quando estiver lendo, vai saber. Vai entender o porquê do silencio. Das palavras não pronunciadas. Do camuflar de desejos secretos guardados no tempo. Eu, a vontade de abraçá-lo. Alma. Tanto carinho que fica difícil alcançar. Claro que ainda não existem palavras. Nem poderiam. Apenas a despedida da vontade de te aprender. Você que sempre será assim... Hipnotizante!

  • PhotoGrid_1470173858706.jpg
    Ele NÃO Está Tão Afim de Você

    Conhecemos alguém verdadeiramente especial. O encontro é encantador do inicio ao fim. Infinitas fantasias já começam a se desenhar e tudo se encaminha para um final extremamente feliz. Mas no dia seguinte não há retorno algum. Nenhum sinal. Nada. Então, iniciamos a tarefa incessante de procurar desculpas, criar hipóteses e recorrer aos amigos, ao invés de pararmos de enganar a nós mesmos e enxergarmos uma explicação crua, mas possível: seu objeto de afeto apenas não está tão afim de você.

Site Meter