redemoinho

Levantando a poeira de seus pensamentos

Fabí Araújo

Historiadora, pesquisadora árdua de sentimentos profundos meu maior desejo é aprender como me teletransportar.
Sonhadora por natureza acredito que rosas são estrelas e estrelas são pessoas brilhando por aí

Axl Rose: Sex appeal, estilo e músicas atemporais

O tempo passou, a voz e feições se tornaram diferentes mas Axl Rose segue para muitos como símbolo de atitude e melodias eternas. Sendo idolatrado, cantado e imitado por antigas e novas gerações.


axl.jpg

O abandono da van quebrada a caminho de um dos shows causando o cancelamento da primeira turnê pelos EUA e a venda dos equipamentos para conseguirem voltar para casa, foram alguns imprevistos e dificuldades que permearam o começo da carreira de Axl e da sua banda Californiana de hard rock chamada Guns N’ Roses. Porém pouco tempo depois fizeram um sucesso estrondoso, vendendo dos anos 80 até os tempos atuais nada menos do que 100 milhões de cópias em todo mundo.

PERSONALIDADE INDEPENDENTE PARA ELES E UM PRÍNCIPE REBELDE PARA ELAS foto_0225.jpg

Era inegável o arrebatamento provocado no público em suas aparições. Sem estilo de roupas e acessórios definidos, Axl usava de tudo, e tudo muito misturado. Calças de couro com casacões de pele, blazers coloridos ou cheios de botões, kilt escocês com tênis ou coturno, bandanas floridas e óculos escuros compunham o look despojado e ousado fazendo garotos o admirarem e o copiarem.

Os shortinhos curtos, justos e provocativos, cabelão liso loiro-avermelhado e o jeito de menino travesso quando entrava no palco feito um furacão, deixavam as fãs enlouquecidas. Tudo nele exalava paixão, sedução e fetiche.

Em 92 foi considerado pela revista People como um dos homens mais bonitos do mundo se tornando um sex symbol do rock and roll.

AS MELODIAS MEMORÁVEIS foto_0217.jpg

Axl disse: "Eu adoro todas as músicas, por isso não me preocupo se a banda acabar a amanhã, terei todas as nossas músicas gravadas em k7, e no final das contas, é isso que fica, as músicas."

PATIENCE – A MÚSICA DO ASSOBIO Axlrt.jpg

Composta há 28 anos relata a história de um homem apaixonado pedindo que sua amada tenha um pouco de paciência, tudo irá se resolver e ficarão juntos. Pode até parecer piegas mas mesmo assim é surpreendente ver os garotos de hoje reunirem-se em torno de um violão, assobiarem fechando seus olhos imitando os suspiros e gritinhos do Axl.

SWEET CHILD O’ MINE – A MÚSICA DA NAMORADA Imagen Thumbnail para foto_Axl0253.jpg

Aquela que fez Axl sentir algo diferente e puro sendo homenageada como musa inspiradora da melodia foi Erin Everly, com quem casou e se separou em menos de um ano. O romance com sua doce criança não durou, mas o hit ficou na história como a melhor canção de 1987 e entre as 500 maiores canções de todos os tempos.

WELCOME TO THE JUNGLE – UM DESABAFO AO SISTEMA Imagen Thumbnail para foto_Axl0205.jpg

“Você sabe onde você está? Você está na selva, baby. Você vai morrer”. Frase dita no começo da última estrofe da canção, foi ouvida numa das vezes que Axl pedia carona antes da fama. Talvez tenha sido um alerta para os jovens que como ele um dia se depararam com a selva de pedra e perderam em parte sua inocência.

O videoclipe tido como violento pela MTV estreou de madrugada na programação do canal, sendo logo um dos mais pedidos. Mostra um garoto simples de boné com trajes fora da moda e um matinho no canto da boca, descendo de um ônibus na cidade grande e logo se deparando com drogas, álcool e garotas deslumbrantes. Percebe que existe um mundo diferente daquele que era acostumado, onde os deslizes nas tentações lhe transformam em alguém que talvez não gostasse de conhecer.

KNOCKIN ON HEAVEN’S DOOR – FUGA E RENASCIMENTO Axl50anos_12.jpg

Dizem que Bob Dilan a compôs na época da guerra do Vietnã, já Axl provavelmente quando a regravou acabou lembrando de alguma situação importante do seu passado para cantá-la com tanta emoção.

Parece um pedido de ajuda para o fim das responsabilidades sem sentido. “bater” na porta do céu traz a única saída reconfortante. Um socorro para alívio das dores e consolo encontrados no "alto".

"Bate, bate, bate na porta do céu, hey, hey, hey

"Bate, bate, bate na porta do céu, hey, hey, hey"

NOVEMBER RAIN – CELEBRAÇÃO E TRAGÉDIA Imagen Thumbnail para novemberrain-axlrose.jpg

Mesmo vivendo abertamente uma tórrida paixão com a atriz e modelo Stephanie Seymour que protagoniza a noiva no clipe da canção, o romance foi turbulento e durou apenas 2 anos. Contudo, dizem que Axl produziu a música motivado em sua relação com a ex-esposa Erin Everly. Suas letras geralmente baseadas em relacionamentos que por algum motivo não dão certo, são fundamentadas na sua vida amorosa.

Considerado pela MTV o melhor videoclipe da história, tem como som de fundo uma orquestra. Custou 1,5 milhões de dólares e relata o caso de amor entre uma garota e um astro do rock que se casam numa cerimônia glamourosa. Logo após ele segue em turnê. Ela finge não poder acompanhá-lo e o deixa deprimido. Quando o reencontra de surpresa, o flagra divertindo-se com outras mulheres. Sai desesperada e se mata.

DON’T CRY – NÃO CHORE Imagen Thumbnail para Imagen Thumbnail para axl_rose_picnic.jpg

Em Don't cry, Axl é um homem tentando expurgar seus desenlaces amorosos através do palco musical revelando as principais queixas do seu coração. Elaborou a canção junto com o guitarrista da banda Izzy Stradin baseado num romance que os dois tiveram com uma mesma mulher, entretanto as cenas de ciúmes e desavenças gravadas no clipe são mais uma vez inspiradas nas lembranças da sua ex-esposa Erin Everly.

Axl disse: "No videoclipe, há uma cena em que apareço brigando com a Stephanie Seymour, portando uma arma. Isso aconteceu de verdade na vida real comigo e Erin. Eu ia me matar. Nós brigamos pela arma até que eu finalmente deixasse Erin pegá-la de mim. Antes de gravar, eu disse: "Isso parece bem difícil, pois realmente aconteceu". (...) Fazer essa cena foi um processo bastante doloroso."

LIVE LET DIE – VIVA E DEIXE MORRER Imagen Thumbnail para axl-rose-cute-gnr-guns-n-roses-Favim.com-1206000.jpg

Axl transformou a música encomendada para a trilha sonora do filme 007 e composta por Paul e Linda McCartney em um single vibrante e de extrema força rítmica, percebe-se que o roqueiro não veio ao mundo a passeio. Vocalista, pianista, multi-instrumentista e compositor, é um homem musicalmente genial.

Nunca escondeu o desejo de amar e ser amado, deixando sua vontade explícita através das suas letras e interpretações, tentando concretizar isto em sua vida.

Se errou e não conseguiu é uma outra história, no entanto para seus fãs tudo o que falam a respeito dele, todas as críticas, o seu antes e depois, jamais por um ínfimo segundo consegue desfazer todo seu talento.

Seja como for, os anos passam para todos e no caso dele pouco importa, sendo a certeza clara que a sua essência nunca se perderá, e os seus “gemidos”, “sussurros” e “ais” musicais repercutirão na onda dos tempos afora, infinitamente.

"Quando você era jovem

E seu coração era um livro aberto

Você costumava dizer "Viva e deixe viver"

Você sabe que dizia

Mas se este mundo sempre em mutação

No qual vivemos

Faz você se render e chorar

Diga "Viva e deixe morrer"

"Viva e deixe morrer"


Fabí Araújo

Historiadora, pesquisadora árdua de sentimentos profundos meu maior desejo é aprender como me teletransportar. Sonhadora por natureza acredito que rosas são estrelas e estrelas são pessoas brilhando por aí .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// @obvious, @obvioushp //Fabí Araújo