reflexão uma aventura na mente.

Escrever é a arte de expressar o pensamento.

Jessie Alves

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo. Desenhista Projetista. Artesã, costureira de vez em quando. Apaixonada por tudo que alimenta a alma, pela espiritualidade, artes, viagens(viveria com isso), musica, natureza, livros, cultura e cinema. Por boas conversas, bons amigos, um bom café, uhmmmm, e chocolate com certeza. Com a alma colorida como tecido peruano, solta como uma nômade, e sonhos maiores que eu, mas sempre com pés no chão. Com um coração tatuado de esperança, desenhada por experiências e momentos. Que contos e poesias, amores e alegrias sejam feitos antes do ponto final.

Crescer pode ser turbulento

Divertidamente. A partir de uma notória animação, adultos podem tirar mais dele do que crianças.


29d0220k96_99g1ojkmo9_file.jpeg

Uma breve sinopse do filme Divertidamente da Pixar, conta historia de Riley, uma menina de 11 anos que se muda com sua família para outro estado com seus pais e nesse jogo de sentimentos do filme é onde a história é gerada. Dentro da cabeça de Riley a alegria sempre tentando reinar direcionar e impedir a tristeza de tocar nas memórias dela e nas memórias padrão onde se constrói os alicerces de Riley, não deixando a Tristeza tocar nas memórias, a Alegria e ela por uma confusão são sugadas para fora da torre de comando e levadas onde as memorias de longo prazo ficam e a partir dai começam uma jornada de volta e descoberta de que os sentimentos devem estar juntos e não separados como sempre fizeram, e com isso aprendem novas coisas.

Divertidamente.png

Uma das minhas visões do filme é que todas as emoções são importantes, até as que parecem ser apenas negativas são importantes e não devem ser abstraída. De todas as características que somos formados, todos são validos como exemplo a alegria, raiva, medo ou nojo, e sim, também a tristeza ela nos leva a compreender os sentimentos.

Nós não gostamos de sentimos "ruins", tentamos evitar ao máximo em nós, tentamos e as vezes conseguimos afastar ao máximo pessoas com... na nossa visão, sentimentos ruins porque não conseguimos entender e estar no meio daqueles sentimentos. Mas já parou pra pensar que talvez o problema não seja ele de fato mais a gente que não consegue ou muitas vezes não queremos aprender com ele, apreender com o próximo, ajudar e ensinar o próximo????? entender esse sentimento.

pregacao_crescimento.jpg

Eu mesmo não falando ou demonstrando me dou muito com os problemas do próximo e se posso ajudo. Mas nem tudo podemos resolver, porém alguma coisa há de se fazer. Só basta o querer, querer ajudar, compreender, estar perto, se importar. amizades foram feitas para se cultivar, pessoas para se conhecer. Procure entender melhor seus sentimentos, busque e permita-se. tudo se resolver quando a força de vontade, inclusive crescer e amadurecer sendo uma pessoa melhor a cada primavera. A primeira mudança vem de você, tudo começa ai dentro e transborda para fora.

“Ter a consciência de como as pessoas pensam e interagem nos dá uma maior compreensão da vida.” (Pete Docter)


Jessie Alves

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo. Desenhista Projetista. Artesã, costureira de vez em quando. Apaixonada por tudo que alimenta a alma, pela espiritualidade, artes, viagens(viveria com isso), musica, natureza, livros, cultura e cinema. Por boas conversas, bons amigos, um bom café, uhmmmm, e chocolate com certeza. Com a alma colorida como tecido peruano, solta como uma nômade, e sonhos maiores que eu, mas sempre com pés no chão. Com um coração tatuado de esperança, desenhada por experiências e momentos. Que contos e poesias, amores e alegrias sejam feitos antes do ponto final..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Jessie Alves