Thaís Franco

Para se perder no tempo, vagar pelo que pode não ser o que eu acho, nem o que você acha, sendo como for, tem de ser delicioso

O essencial é invisível aos olhos

Você esta lá tranquila, vendo as atualizações que rolam no newsfeed do facebook, pensando nas coisas quem tem que fazer no dia seguinte, em como pode preparar a pauta da reunião de forma completa para que não duvidem, para não ouvir desaforo, sem deixar nenhuma ponta solta, prontinha para ser remendada por algum fulano aproveitador. Num repente, você percebe numa foto, um rosto conhecido, vê ali o boy, com quem estava saindo, postou uma foto com uma fulana e um texto todo declaratório, cheio de amores e intimidade, o primeiro pensamento é que a moça era irmã ou amiga de longa data, afinal no seu perfil não tinha nada, obviamente você entra na página da moça, só pra ter certeza, neste diz, com todas as letras ‘em um relacionamento sério’’ com aquele babaca. E agora, o que fazer?! Liga pra ele e pede algum tipo de satisfação, ou ignora aquilo tudo, espera ele dizer algo a respeito? Melhor ainda: conta tudo pra ela! Isso, você esta determinada, vai falar com ela, chega abrir a caixa de mensagem pra avisa-la que esta sendo enganada. Mas... pensando melhor, e se eles tiverem algum tipo de acordo, ou , ainda pior, e se ela achar que a culpa é sua, que você é a responsável por estragar o relacionamento perfeito deles. Respira, por fim decide: nunca mais vai falar com aquele idiota. Apenas. Pra moça, deseja muita sorte.


1.png O mundo gira em torno de si e em torno do sol, move-se com os tantos outros astros num ritmo sincronizado. A percepção de tempo para o universo não existe, já que o próprio universo fabrica o tempo, define seu compasso. As infinitas explosões de sois e estrelas que movimentam a galáxia transformam qualquer outro evento irrisório. No entanto, a explosão de uma pequena estrela pode levar a eventos em cadeia profundos a ponto de criar um novo sistema solar, ou extinguir um existente. Ao mesmo tempo em que todo o conjunto de ações torna um evento singular desimportante, qualquer evento tem o potencial para ser extraordinário. 2 tem potencial para ser extraordinario.jpg A cadência estabelecida pelo movimento dos astros define o passo de cada ente pertencente a este sistema, cada peça gira como uma grande máquina, e pelas lentes do tempo dos homens percebe-se que cada evento aparentemente aleatório é, na verdade, essencial para que o próximo ciclo seja realizado. 3 a cadencia estabelecia realizado.jpg Assim, se cada ação micro pode se tornar máxima, o bater das asas de uma borboleta em Nova Iorque pode ser a causa de um tufão no Japão, então o caos é a única certeza, a instabilidade e a infinito de possibilidades de desdobramentos de um único evento fazem com que até mesmo o tido como certo possa assumir caminho diferente, imprevisível. 4 assim, se cada acao micro imprevisivel.jpg Quando o observador troca seu telescópio por uma lupa, se depara com uma nova gama de sistemas e mundos igualmente complexos, prontos para serem minuciosamente analisados. 5 quando o observador troca analisados.jpg O tempo estipulado pelo homem, que tenta ler as estrelas, está longe de ser verdadeiro, ele não entende a efemeridade de uma unidade métrica. Ele não percebe os próprios erros, ele percebe menos ainda a repetição destes erros, gerando sempre resultados aleatórios. Contudo, para aquele que pensa num outro transcorrer de tempo estes resultados têm um firme padrão comportamental ainda sensível, latente e adaptável, que indicam a formação de uma explosão que poderá mudar todo o sistema. Este homem tem tanta certeza de suas ações falhas, se acha tão especial por poder observar as estrelas, por acreditar ter superado dificuldades indo à lua. Porém, comete grave falha ao não olhar para o lado, ignorar a importância dos pequenos eventos, das pequenas explosões que acontecem ao seu redor. 6 este homem ten tanta certeza ao seu redor.png Ele está completamente cego com suas certezas. Sua perfeita confiança no sistema que inventou não permite que leia e seja sensível a outra. Ele realmente acredita que nos livros não tenha nada além de historias ‘fictícias’, afinal seria impossível qualquer semelhança com a verdade nesses livros que carregam escárnio perante ele e seu sistema imponente e perfeito. Mas lá estão os livros, na prateleira de sua casa, foram lidos por sua esposa, e por suas filhas, que não tem o direito de estudar as estrelas. Então elas observam aquilo que está próximo, leem Marx, Simone, Kafka, Bukowski, Wolf, Adams (este faz com que sintam-se próximas das estrelas). 7 bukowski adamns.gif Entre cuidar dos filhos e arrumar a casa, há tempo. Hoje além de tudo trabalham fora. Enquanto ele culpa a economia por isso, ela dá as caras, cobra, exige, luta e muda, porque ela sempre esteve aqui, presa nas regras do tempo que ele criou. Ficou trancada em meio a tantos outros códigos por ele impostos, afinal ele queria ser o único a olhar estrelas, não podia dividir este prazer. E se descobrissem que ela faz isso melhor... Jamais permitiria que isso acontecesse. 8 jamais perminiria q isso acontecesse.jpg Hoje, ela não suporta mais as regras, hoje ela entende o jogo muito melhor visto que nele esteve encarcerada. Então trabalhando, cuidando da casa e dos filhos ainda lê, sempre há tempo. Seu livro favorito: Jane Austin ‘Razão e Sensibilidade’ O livro conta a historia de anos atrás, de vidas passadas, de costumes enterrados no ultrapassado – bailes e chás da tarde, eventos sociais arranjados, mulheres se sentam na sala e jogam cartas, enquanto falam de maridos e pretendentes. Os homens na outra sala fumam charutos e bebem Scotch, falam sobre o mundo, sobre serviços, sobre novas descobertas e sobre jovens moças. As mais faladas ultimamente eram as moças Dashwood, recém introduzidas naquele círculo social, a mãe viúva, ‘expulsa’ de sua casa pelo filho, que herdou do pai o bem, leva consigo três outras filhas, uma delas ainda criança, a outra jovem, linda e impulsiva, a mais velha, bonita e sensata. 9 as mais faladas linda e impulsiva.jpg Obviamente a impulsiva se apaixona por um alguém que não lhe merece, que mente e engana, no fim acaba pagando pelos corações quebrados, mas se faz de coitado e sua esposa não só o perdoa como culpa a outra, a jovem Dashwood que teve o coração partido por suas mentiras. Este é Willoughby. 10 whiloughby.jpg A sensata engaja relacionamento com um moço gentil, educado que (aparentemente) corresponde. Dai descobrem que na verdade ele também mentiu e enganou. Ele igualmente se fez de vítima, se justifica, pede desculpas, é perdoado e se casa coma moça. Esse é Edward. 11 edward.jpg Sem contar esses Willoughbys e Edwards, ainda tem os Coronéis Brandons que cheios de boas intenções se interessam apenas pela mais jovem. Depois de tanto confinamento e regras, há estafa! Aprenderam tanto, as mulheres. Brigaram por direitos, por voz, e conseguiram. Pareceu que esta era a maior explosão, pois no simples tempo do homem este evento era imenso. 12 depois de tanto confinamento este evento era imenso.jpg Agora usam calças, ficam nos mesmo círculos que os homens, opinam sobre as estrelas e o trabalho, enquanto bebem Scotch e fumam charutos. Em verdade, nada mudou, tentam copiar comportamentos falhos, mas ainda só podem espiar as estrelas e não são levadas suficientemente a sério. Não há divisão real. O pior é que enfrentam homens todos os dias, que se aproveitam e mentem que as subjugam e inferiorizam que criam regras novas o tempo todo, pelo simples motivo de tentar mantê-las obedientes. 13 em vcc nada mudu  pelo simples motivo de mantela obediente.jpg Sim, venceram várias batalhas, e perderam outras tantas também. Ainda há muita luta até que seja aceita, para que tudo seja superado. 14 sim, vencerapara q tudo seja uperado.jpg De 1811 a 2015 se passou muito tempo, mas esse é o tempo do homem, quase que totalmente desimportante, frente ao universo e suas infinitas possibilidades. As estrelas estão explodindo, uma a uma, eventos que parecem desconexos, são na verdade complementares e sequenciais, com potencial de desencadear a mais incrível revolução. 15 a mais incrivel revolução.gif


Thaís Franco

Para se perder no tempo, vagar pelo que pode não ser o que eu acho, nem o que você acha, sendo como for, tem de ser delicioso.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Thaís Franco