rg próprio

amostra gratuita de uma identidade

Luciana Kuchiki Vilar

Observadora atenta do ser humano e do fluxo do comportamento do mundo.
Vive numa eterna descoberta de si mesma e na busca do equilíbrio constante. Questionadora por profissão. Racional e passional. Design de moda é apenas uma das suas facetas, também escreve sobre comportamento, tendências, universo feminino.....Sua identidade está sempre presente no seu blog rgproprio.wordpress.com

o que esperar do futuro do fashion design

Falar sobre o futuro da moda é um assunto que ainda é novidade. Pouco se pensa no que o design de moda vai se transformar. Estamos acostumados a olhar para o passado e criar releituras. É uma zona de conforto reviver invenções que já foram sucesso e marcaram época.


See-Through-Dress.jpg

Quem viveu parte da vida na década de 80, com certeza lembra-se do filme “de volta para o futuro”, que voltou a cena agora em outubro por completar 30 anos da sua estreia. Pensar nos anos 2000 e poucos no fim do século passado era uma coisa bem inventiva, sonhava-se muito com altas tecnologias que, em sua grande maioria, estão longe de ser alcançadas, principalmente nos países em desenvolvimento.

Olhando para a questão do design de moda, roupas futurísticas ou tecnologia na moda, ainda, estamos bem distantes do que se pensava há anos atrás. Poucos são os criadores que pensam numa moda mais inovadora. Pode-se trabalhar com tendências e estar há algumas coleções na frente dos sonhos consumistas de alguns, mas falando em criatividade, modelagem, ou funções diferenciadas ainda estamos engatinhando. Não é comum encontrar nas ruas as modernidades que sonhávamos em 1985.

cutecircuit.jpg

Se pensarmos bem, vivemos no passado! O estilo retrô domina. A maioria dos designers de moda olha para o passado para criar as suas coleções, há pouco tivemos releituras dos anos 70 e 90, por exemplo.....E estamos sempre vendo referências do passado nas passarelas e nas ruas.

É difícil encarar o futuro de frente, geralmente, quando o assunto é design de moda o futuro é minimalista ou estruturado, tentando criar multi funções em uma só peça. Poucos são os criadores que pensam o design ultramoderno, mas também, às vezes, não são bem compreendidos. Gareth Pugh é um dos nomes que inova no design. Glória Coelho também sempre traz um visual mais contemporâneo. De uma maneira geral, os designers que investem neste segmento são considerados pioneiros.

gareth_pugh___pasarela_175175760_320x480.jpgGareth Pugh

c-gloria-coelho5.jpgGloria Coelho

c-gloria-coelho6.jpgGloria Coelho

Pensar em modelagens diferenciadas, sem ficar caricato, é raro, quando a mulher trocou o vestido pela calça comprida, foi uma mudança bem radical. Agora o que se pode esperar? Com a discussão de gênero cada vez mais em alta, a tendência é que a moda seja também, cada vez, mais unissex. Ou melhor, neutra, que está se tornando a palavra do momento. Giorgio Armani já igualou o look masculino e o feminino, na sua coleção 2015.

gioarmani.jpgGiorgio Armani

O que ainda está por vir, não se sabe, talvez seja mais fácil deixar o futuro na nossa imaginação. Perceber que vai chegando nos tecidos tecnológicos, nos acessórios modernosos e nos traços minimalistas. Pouco a pouco, o futuro vai acontecendo.

Imagens: reprodução


Luciana Kuchiki Vilar

Observadora atenta do ser humano e do fluxo do comportamento do mundo. Vive numa eterna descoberta de si mesma e na busca do equilíbrio constante. Questionadora por profissão. Racional e passional. Design de moda é apenas uma das suas facetas, também escreve sobre comportamento, tendências, universo feminino.....Sua identidade está sempre presente no seu blog rgproprio.wordpress.com.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/design// @obvious, @obvioushp //Luciana Kuchiki Vilar