rg próprio

amostra gratuita de uma identidade

Luciana Kuchiki Vilar

Observadora atenta do ser humano e do fluxo do comportamento do mundo.
Vive numa eterna descoberta de si mesma e na busca do equilíbrio constante. Questionadora por profissão. Racional e passional. Design de moda é apenas uma das suas facetas, também escreve sobre comportamento, tendências, universo feminino.....Sua identidade está sempre presente no seu blog rgproprio.wordpress.com

ano novo, vida nova?

Estamos sempre tentando alcançar objetivos muito difíceis, na maioria das vezes, não conseguimos. Buscamos atingir o topo, sem antes escalar a montanha. É preciso saber se contentar também com pequenas conquistas diárias, vitórias sublimes, que são necessárias para chegar aonde se deseja.


relaxation-1483338_960_720.jpg

Todo ano é sempre a mesma coisa, quando começa a expectativa pela virada para um novo ano, começam também as diversas promessas que fazemos. São tantas e, muitas vezes, tão inúteis que perdemos fôlego se tivermos que declamar para alguém a nossa lista de desejos. As possibilidades são grandes, podemos desejar tudo aquilo o que bem quisermos, o problema é conseguir executar todas as nossas promessas e torná-las reais.

O melhor a se fazer é ter sonhos mais plausíveis, mais reais, mais simples de serem alcançados. Talvez esteja sendo muito prática, tentando evitar sonhos muito altos. Mas de nada adianta estabelecer metas lá nas alturas se você ainda nem conseguiu subir a escada, certo?

Não acumular devaneios é bem importante também! Não gerar frustrações desnecessárias, sem concretizar nada. Estar sempre em busca de novas metas traz um novo respiro para não desistir. Afinal porque esperar sempre o fim de cada ano se podemos comemorar cada virada de mês! Estamos sempre em renovação, a cada dia, a cada hora, sem nos darmos conta da importância de pequenos momentos. Se estivermos sempre no caminho certo em busca dos nossos sonhos, cada vez mais ele vão se aproximar de nós e se tornando realidade. Podemos ter bons resultados o ano inteiro, e não somente no fim, esperando outro ano para poder recomeçar tudo de novo.

Comprometer-se consigo mesmo é um grande passo em relação ao alcance das nossas metas. A partir do momento em que conseguimos realizar um pequeno e simples ato em relação ao que desejamos, nos sentimos muito bem. Isso é o que nos motiva a seguir sempre em frente.

Ano novo, vida nova? Prefiro vida nova o ano inteiro, sempre, todo dia, a cada instante.

foto: Pixabay


Luciana Kuchiki Vilar

Observadora atenta do ser humano e do fluxo do comportamento do mundo. Vive numa eterna descoberta de si mesma e na busca do equilíbrio constante. Questionadora por profissão. Racional e passional. Design de moda é apenas uma das suas facetas, também escreve sobre comportamento, tendências, universo feminino.....Sua identidade está sempre presente no seu blog rgproprio.wordpress.com.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Luciana Kuchiki Vilar
Site Meter