rumos

quando não há verbetes para o porvir

Rudson Vieira

..rumos seguem, mesmo em silêncio. Dobrei o horizonte sob os joelhos e ponderei; rumos seguem, mesmo introspectivo.

Aspargos - Graviola 2

Meu exílio é teu sono. Procuro teus olhos, soltos. Sabes usar dos olhos nada fazendo.
Cansada, deito minha cabeça na aberta janela do ônibus e olhando o cerrado e a lua, nos
imagino.


aspargos.jpg

Você sabe onde fica Chateaulândia? Trabalho aqui há algum tempo e ainda não sei. Começava ali; o sotaque gaúcho pontuou o que apagaria, ou pelo menos ofuscaria, a imagem de Fausto. Na Croissantlândia fez questão de ignorar e se exibir ao sotaque gaúcho. Na manhã seguinte, no ônibus: Você mora ali perto? Ahã. Eu também. Somos quase vizinhos. É. A mão que tocou levemente o ombro tirou uma fria resposta de um rosto sonolento. Sem raciocinar disse um "é" e desceram no mesmo ponto, tomando opostas direções. Depois deste dia nunca mais se falaram. ___________________________________

Foi na bolina que se esvaziou a sensação. Ao ler ao seu lado palavras desnudas, sentiu um vazio entre os dois, justo agora, que ao Grahanbell pareciam ter se falado, provavelmente sem se reconhecerem. A flor de graviola que seus olhos quase viram virar fruto, ignorando o fato de ser a própria flor um fruto. Ela trazia sempre à bolsa um pouco de mate. Naquele dia nem sua fragrância de um francês perfume, nem o gosto de mate de suas palavras causaram admiração. Um vazio ... um vazio.

___________________________________ Impossibilitada de caminhar normalmente, aguardava com ânsia e simultâneo desinteresse a próxima oportunidade de dispor a flor. Não era uma flor comum, estava sempre a um metro dos seus olhos, na verdade, apenas quando ela se reclinava ao descanso. Tinha vontade de reduzir a distância, mas se tomou insípida a vontade, a sensação lhe era pequena e os vermes que circundavam a flor, deprimiam-na, pois eram fortes e não conseguiam ferir a flor.

E foi à bolina que ela ignorou o sotaque gaúcho à porta e deu as costas ao doce perfume que a incomodava. À sua frente, teve a certeza de que na mesma cela estavam o sol e a lua. Não acreditava que se rendia a metáforas idiotas, os erros eram considerados, as idiotas metáforas não. Não conseguiu tirar os grandes olhos, os cabelos e o modo de comer do sotaque gaúcho da sua imaginação. Nada mais tênue do que vê-la dormir, à bolina, mas não ao seu lado. Assistia sempre só.

Meu exílio é teu sono. Procuro teus olhos, soltos. Sabes usar dos olhos nada fazendo. Cansada, deito minha cabeça na aberta janela do ônibus e olhando o cerrado e a lua, nos imagino.

continua...

Aspargo-_--1080x675.jpg


Rudson Vieira

..rumos seguem, mesmo em silêncio. Dobrei o horizonte sob os joelhos e ponderei; rumos seguem, mesmo introspectivo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Rudson Vieira
Site Meter