rumos

quando não há verbetes para o porvir

Rudson Vieira

..rumos seguem, mesmo em silêncio. Dobrei o horizonte sob os joelhos e ponderei; rumos seguem, mesmo introspectivo.

Aspargos - Nauta Natureza

Sim Schopenhauer, sim Dostoievski. O Ser humano é a eterna vítima. Potencializa o
sofrimento diante dos outros.


aspargos.jpg

Vitimiza-se em todas as situações. O pequeno Wilhelm estava certo. A compaixão é uma inconsciente inveja. É não uma virtude, mas uma fraqueza. Embora algumas fraquezas possam ser consideradas virtudes, a compaixão, também representada como dó, é a máxima manifestação do individualismo, da fraqueza de espírito, do egoísmo e da hipocrisia. O que torna uma situação engraçada? Assim como o sorriso vem do alívio de não passar pela situação “indesejável" do outro. A compaixão vem por meio da inveja de sentir e estar na situação de sofrimento do outro. Mas não se trata de uma posição masoquista. Quem está em situação de sofrimento, recolhe atenções sobre si. Mendiga dó, reconhecimento pela compaixão.

Logo, a compaixão emerge como um desejo de dizimar o sofrimento do outro não para o conforto do sofredor, mas para ocupar seu lugar de destaque, para mostrar o quanto o próprio sofrimento extrapola o do outro em desgraça, sendo assim merecedor de atenção, reconhecimento, mesmo que esse só venha por meio da compaixão. O ciclo se renova e se faz da mesma forma, diferente através de gerações.

Possuir reconhecimento é possuir poder. Honoré sabido, Dante faceiro. Em suas obras a percepção não engana. O ser humano é movido pela eterna busca pelo poder. Há quem diga que por ser feito à imagem de seu criador, o ser humano possui a mínima parte do poder de quem o criou. Desse modo, passa toda sua existência em busca da completude, do poder como um todo, da máxima parte.

Poder>Vaidade>Sentimentos>Prazer>Liberdade>Poder

Salomé toca suavemente a testa de Lauro, bem no meio, na região entre os olhos. Ele fecha os olhos, sente ali no local tocado o peso de todo o corpo.

Você não precisa do que quer. Tem o que precisa, basta aprender a usar. As seis palavras que disse são o resumo de tudo o que é, era, será, seria, foi ou fora. Todas as ações e reações estão nestas seis palavras. Não se engane, não repeti nenhuma. São seis e às vezes sete.

Salomé, ainda tocava a testa de Lauro. Soprou-lhe nos olhos. Falou sobre a mulher que Lauro não esquecia e de Fausto. Falou de sua infância e dos pensamentos que ele nunca manifestara fora daquele crânio dolorido. Salomé era Lauro por dentro, ou o que o corroía.

eis que vem...

Aspargo-_--1080x675.jpg


Rudson Vieira

..rumos seguem, mesmo em silêncio. Dobrei o horizonte sob os joelhos e ponderei; rumos seguem, mesmo introspectivo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Rudson Vieira
Site Meter