sacudindo palavras

Sacudir esse mundo é algo que me atrai, me distrai e me impulsiona a querer sempre mais.

Erica Ferro

Escrever é essencial para mim. Sou amante das palavras sinceras, das frases contundentes e dos textos inquietantes. Sou escritora porque escrevo e amadora porque tenho uma relação intensa de amor com as letras. Sacudir esse mundo é algo que me atrai, me distrai e me impulsiona a querer sempre mais.

  • ff50f820848f160e1f4cc40964adc013.jpg
    A jardinagem da vida

    Permita-se sentir tristeza, dor, desalento. Deixe-se mergulhar na imensidão dos sentimentos. Toda dor é uma oportunidade de evolução e autoconhecimento. Entregar-se às emoções é sentir-se (mais) humano. A ciranda da vida não para e nós devemos nos manter em movimento, nessa girar de emoções, que nos leva além do que nós mesmos pensávamos que poderíamos chegar. A vida é um jardim - e lindo! -, basta que saibamos cuidar dele. Que o nosso jardim seja bem florido e com o mínimo de ervas daninhas possível!

  • 15356793354_663bc2ba21_o.jpg
    Memórias roubadas

    "Para Sempre Alice" é um filme que nos encaminha a reflexões extremamente válidas sobre a existência. Ao vermos o drama de Alice nos chocamos e nos emocionamos porque a realidade em que ela vive, de um contínuo esquecimento de si e dos outros, é palpável. Poderia ser você ou eu na pele de Alice. Isso é assustador. A vida é um emaranhado mistério. O que temos é o agora. Aproveitemos o presente, pois o depois não pertence a nós.

  • GE_Mia-Couto_mialampadas_Jose-Eduardo-Agualusa_RA.jpg
    O fio e as missangas de Mia Couto

    Nesse artigo, discorro sobre o meu primeiro contato com o escritor moçambicano Mia Couto através do livro O fio das missangas, uma coletânea de 29 contos. Seleciono alguns contos que mais me tocaram e, enlevada, falo da poesia e do lirismo contidos em cada palavra de Mia e o impacto que esses elementos causou em mim.

Site Meter