saindo da caixa

Uma odisséia fora da caverna

João Rachid

Um cara confuso, talvez também perdido, que tenta se encontrar através da escrita. Apesar de ficar cada vez mais perdido, não desisti de achar um sentido para tudo isso

Quando simplesmente queremos ver o mundo pegar fogo

Tudo monótono, tudo igual, tudo errado! Você está sentindo o que eu estou sentindo. Não é simplesmente uma mudança de local ou de rostos. Esse sentimento vai muito além disso! Simplesmente queremos ver o circo pegar fogo, ver o mundo em chamas como se nada mais importasse...


11760099_814985418608859_4263460020413447182_n.jpg

"Está passando o mesmo filme pela décima quinta vez na semana!"; "Mais e mais notícias sobre esses políticos que roubam e não são presos!"; "São sempre as mesmas coisas que as pessoas compartilham no facebook! Mesma paisagem! Mesmas pessoas! Tudo igual todo dia!" - ARRRGH!

Você já sentiu aquela vontade de simplesmente arremessar a cadeira na televisão, falar para o seu amigo que ele é um puta de um coxinha chato ou de simplesmente chegar para o seu chefe, dizer que aquela piada que ele conta todo o santo dia já está enchendo o saco e por causa disso está pedindo demissão?

Sinto lhe informar, mas você está com a crise do "eu quero ver o mundo pegar fogo!". Calma, não precisa chorar - ou precisa, não sei o grau da sua crise -, isso acontece com todos em um momento da vida. Não, você não é especial!

Chega um determinado ponto em nossas vidas que nos acomodamos e tudo passa a ser rotineiro. Sempre atendendo telefones de alguém precisando de ajuda, sempre os mesmos lugares, com os mesmo amigos, fazendo as mesmas coisas, sempre aquele filme, naquele sofá com o parceiro...

O desespero de mudança pode florescer de várias maneiras: quando assistimos “Clube da Luta” e queremos participar de um pelo simples prazer de nos sentirmos vivos, esquecendo nossas vidas na sociedade e sendo apenas o instinto que há em nós. Ou quando assistimos “V de Vingança” e queremos colocar uma máscara de “Guy Fawkes” pra fazer justiça... Se der em algo, já é um começo! Boa sorte!

Essa vontade de ver o caos, a destruição e a "anarquia" é a mudança que precisamos para as nossas vidas, é aquilo que falta, que nos motiva e nos alegra! É o nosso corpo e a nossa mente implorando por algo além do que temos, algo novo! Não essa vida enlatada que a sociedade mostra como estilo perfeito, com mais e mais marcas rotulando quem você é!

Quantas vezes precisaremos atear fogo nas coisas até acharmos o que queremos? Será que não é mais fácil colocarmos fogo em nós mesmos e tentarmos nascer novamente, assim como uma fênix, na esperança que as nossas incertezas, raivas e todos os nossos problemas virem apenas cinza em meio a chamas de uma nova oportunidade?

Não existe uma resposta para isso, até porque cada um busca algo diferente na vida. A necessidade de mudança é algo intrínseco do homem, já que fomos nômades em grande parte da nossa existência.

Estamos presos em estábulos! Nossa maior mudança é de um escritório para o outro, o que na verdade não é uma mudança! O mundo está cheio de falsas alternativas, falsas alegrias e falsas esperanças...

Se você está sentindo o mesmo que eu nesse exato momento, não adianta procurar um médico, até porque Rivotril não irá resolver o seu problema! O problema é muito maior do que imaginamos e só nós podemos resolvê-lo! Então trate de pegar um belo galão de gasolina, alguns fósforos e prepare-se, pois a realidade é dura e esse fogo será a luz que irá te guiar!


João Rachid

Um cara confuso, talvez também perdido, que tenta se encontrar através da escrita. Apesar de ficar cada vez mais perdido, não desisti de achar um sentido para tudo isso.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //João Rachid