Agatha Andrade

Em meio a milhares de vidas amontoadas buscamos o que está dentro de nós mesmos para nos sentirmos mais autônomos em um mundo tão igual. É só ao observar o vazio que tememos que ele, também, esteja além das estrelas. Medo de que essas estejam tão perdidas quando nós. Blog:www.screepeer.com.br

Desistir de si mesmo

Ás vezes, escolhemos fugir ao invés de encarar um problema. Quando fazemos isso, esquecemos que quando se trata do coração tudo está além das escolhas. Está além de decidir que acabou, existem processos, se estes ignorarmos viveremos em um ciclo de repetições.


large (1).jpg

Eu desisti. Ano passado eu havia desistido, então bati a porta do quarto. Joguei-me na cama em baixo das cobertas e jurei que tudo estava acabado. Tampei os ouvidos e fechei os olhos o mais forte que pude.

Seis meses atrás eu desisti. Corri pela rua no crepúsculo do dia até parar de pensar no passado, no nosso passado. Quando a estrada acabou eu não quis correr para casa, afinal eu poderia esbarrar com você.

Semana passada eu desisti, enquanto olhava o manto negro cobrir o azul do céu. Eu não chorei, pois esqueci como o fazer. Então, só fiquei ali parada jurando que nunca mais pensaria em você, mas pensando.

Ontem observando as estrelas eu desisti. Assim como, todos os dias em que luto com as lembranças como se fosse fácil. Mais uma vez eu me fiz acreditar que havia desistido de você. Mas, o tempo só me ensinou que eu não apreendi a esquecer, mas a me acostumar.

A me acostumar com ideia de que acabou. A me acostumar com aquela noticia que diz que você seguiu em frente. A me acostumar com o vazio estranho que ainda resta em mim. A me acostumar com a tempestade que chacoalha os muros da minha fortaleza todos os dias, enquanto me escondo.

Após todo esse tempo eu percebi que eu só apreendi a desistir de mim mesma. Percebi que eu me tranquei para o mundo e mostrei o dedo do meio para todos. Notei que eu escolhi fugir ao invés de encarar, isso sem ser forte o suficiente para o vazio aguentar. Notei que você nem mesmo notou que sofri.


Agatha Andrade

Em meio a milhares de vidas amontoadas buscamos o que está dentro de nós mesmos para nos sentirmos mais autônomos em um mundo tão igual. É só ao observar o vazio que tememos que ele, também, esteja além das estrelas. Medo de que essas estejam tão perdidas quando nós. Blog:www.screepeer.com.br.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Agatha Andrade