sem papas na língua

O que eu tenho pra te dizer é que...

Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/

Pessoas não são receitas, fazem receitas

Não enquadre ninguém em molduras achando que aquela pessoa que você conhece em um mês é excelente, porque ela não é. É ser humano, não vai ser perfeito. E não se enquadre ao querer de ninguém, acredito que você possa ser você mesma/o. Mudar certas atitudes, sempre são necessárias, mas mudar a essência, creio que seja muito arriscado.


cozinhando

Muitas revistas, sites, filmes, músicas, nos fazem acreditar que nós é que devemos mudar para conquistar o outro. "Como conquistar um homem em 4 passos." "Guia prático da mulher inteligente." Cada bizarrice! Que acaba tornando muita gente cheff de cozinha. Que fica usando receitar e regras do que fazer e não fazer.

PARA! POR FAVOR! NÃO HÁ RECEITA! Não há um método que faça o outro cair aos seus pés a não ser ser você mesmo. Forçar situações, forçar ser o que não é, engolir "sapos", ficar calada/o diante de uma situação que a desagradou só para ver o outro bem... Não rola! Pessoas não são receitas, se fosse assim seria muito fácil, só seguir o roteiro e estaria tudo resolvido.

Se fosse assim, seria muito fácil se relacionar com o outro e no mundo real não é assim que as coisas funcionam. Se relacionar, seja em família, com parceiros, amigos, colegas de trabalho, tem conflitos, encontros, afeições, identificações ou não. Que você só vai saber se conviver, só se permitir-se a identificar o melhor e o pior no outro. Identificar as suas diferenças e a diferença do outro em relação a você.

Por isso há a frustração, querer que o outro atenda as ações que você mesma criou em sua cabeça, forçar o outro a ser ou fazer o que não quer. Se o outro NÃO QUER, deixa ele não querer, em algum momento você entenderá o por quê de não ter dado certo de acordo com suas expectativas.

Não enquadre ninguém em molduras achando que aquela pessoa que você conhece em um mês é excelente, porque ela não é. É ser humano, não vai ser perfeito. Não enquadre ninguém em receitas que as revistas dizem. Se ele não retornou sua ligação, pode ter sido tanta coisa... Calma! Você e nem ninguém tem o poder de prever o futuro, deduzir... um pouco, mas acertar com exatidão? Só mesmo arriscando, vivendo, sem neuras. E não se enquadre ao querer de ninguém, acredito que você possa ser você mesma/o. Mudar certas atitudes, sempre são necessárias, mas mudar a essência, creio que seja muito arriscado.

E para! O problema não é você, são as circunstâncias que a vida impõe ou que um de vocês impõe. Desencana! Dá ou não dá pra realizar, pra continuar. É SIM ou é NÃO. QUERO ou NÃO QUERO. Simples assim.

Na verdade quem cria as regras somos nós mesmos, que nos submetemos a elas ou que acreditamos nelas. A vida deveria ser vista como algo que não tem volta. Um dia é um dia e outro dia é outro dia. Mas aí você vai me dizer: Ah, mas isso é óbvio! Mas na prática não é não. Não temos o poder de determinar nada, tudo pode mudar, nem tudo depende só de nós.

Se o outro quer, bom. Se não, ótimo. Vida que segue. Por quê insistir?

Visite o Blog http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/


Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// //Daniella Lins