sem papas na língua

O que eu tenho pra te dizer é que...

Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/

Não te demores onde não houver reciprocidade

Na verdade não existem regras ou jogos de conquista quando se trata de sentir, vale tudo! A vida é uma só. Não engesse esse coração! Seu próximo amor não tem culpa do anterior. Seja livre para sair e entrar num relacionamento. Deixe que o outro seja livre também, para decidir se ele vai ficar ou não.


tumblr_nrxixpUjVK1reyhbqo1_540.jpg

Moça, pense bem antes de entregar seu coração aquele rapaz. Ele não tem pretenção de lhe dedicar os sorrisos mais sinceros, ele não vê em você as qualidades que possuí. Enquanto você pensa nele, ele faz questão de pensar na Joaquina e é com ela que ele conversa enquanto você espera que ele responda sua mensagem de 30 minutos atrás. Você acreditou que ele estava ocupado? E ele realmente estava, se esforçando para conquistar um outro alguém. Ele não se importa com os seus sentimentos, ele até riu da sua cara quando você corajosamente lhe redigiu palavras o elogiando.

Ele pouco se importa com o que você sente ou vai pensar sobre quando ele finge prestar a atenção no que você está falando, se você vai ver ou não as fotos dele nas baladas por aí... Você não significa nada para ele. Você já deveria ter batido em retirada. Mas fique se achar que merece tão pouco.

Ele não merece ter uma moça como você, que sonha bonito, que ri divertido, que não vive planejando o futuro e tão pouco despreza a liberdade de ser quem é. Você é dona de si, não deveria querer ser de um alguém que não quer ser seu também. E quando digo "ser seu", não me refiro ao sentido de posse, porque ninguém é dono de ninguém, me refiro a fazer parte dos seus dias mais turbulentos, mas calmos e bonitos. Moça, ELE NÃO QUER!

Siga em frente! Você é tão linda e talvez o que assuste ele seja esse seu jeito de sempre ter solução para a maioria das coisas. Quem perdeu foi ele! Ninguém é obrigado a ficar, deixe ir! Não te demores onde não houver reciprocidade, já dizia Iandê Albuquerque.

Moça, você mal o conhecia. Talvez venha daí a maioria das decepções que temos na vida, acreditar demais em pessoas que conhecemos de menos. Levamos as vezes a vida toda para nos conhecer, imagina conhecer o outro?! Não confie tanto, não se entregue de corpo e alma em relações rasas, a não ser que queira ser apenas mais uma.

Pois é... eu sei! Você teve os melhores sentimentos com aquele rapaz, que mesmo torto, tem um coração que também se engana, e ainda prefere se enganar se iludindo nas próprias ideias de que também conseguirá alcançar o coração de quem não o quer. Cada um dedica o seu tempo onde se identifica, onde acredita estar o seu tesouro.

Relacionar-se, seja qual for o tipo de relacionamento, não pode ser feito apenas de uma via, deveria ser via de mão dupla, mas nem sempre é. O afetuar (afetar o outro) requer tempo, paciência e dedicação que muita das vezes as pessoas tem preguiça de arriscar. Não dedique seu tempo em quem não vale a pena. Siga em frente sozinha. Desapega de quem não acrescenta mais nada em sua vida. Ele nem amigo deseja ser seu, o contato que tinham nem existe mais.

O amor é tão sublime! Você não o ama, você confunde os sentimentos. Amor é calmaria, é certeza, é reciprocidade. Não insista em quem não insiste em você! Tanta gente por aí desejando o seu carinho e você aí jogando ele todo de uma vez pelo ralo. Doe atenção em um hospital ou num asilo e ainda assim não terás dimenção do bem que irá fazer à mais de um coração. Planeje o seu tempo e poupará energia.

Se joga no que tem vontade! Mas moça, não entregue de bandeja os seus sentimentos assim todos de uma vez. Na verdade não existem regras ou jogos de conquista quando se trata de sentir, vale tudo! A vida é uma só. Não engesse esse coração! Seu próximo amor não tem culpa do anterior. Seja livre para sair e entrar num relacionamento. Deixe que o outro seja livre também, para decidir se ele vai ficar ou não.

Não aceite um alguém que despreze o que sentes, você tem de saber o que merece. Você merece tão pouco? Quem se ama, se basta, não vive de esmolas. VOCÊ NÃO PRECISA DISSO! Pense bem.

O tempo tem o brilhante poder de tornar alguém do presente, logo em passado. Deixe passar! Não tenha medo de deixar ir quem não quer mais ficar.


Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/.
Saiba como escrever na obvious.
version 10/s/recortes// @obvious //Daniella Lins