sem papas na língua

O que eu tenho pra te dizer é que...

Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/

Ter qualificação é garantia de uma vaga de emprego?

Quando ainda estava na graduação, acreditava que assim que eu saísse da universidade onde estudei, seria logo inserida no mercado de trabalho, mas refleti que isso não basta. Não depende só das minhas qualificações. Conseguir uma vaga é questão de sorte, de quem indique e de ter um tempo certo para que as coisas ocorram. Não desanime! Uma momento vai acontecer.


vaga de emprego. desemprego No mundo competitivo vigente, na crise econômica que o país enfrenta hoje, a quantidade de pessoas desempregadas é grande. Há os que vão dizer que "quem procura, acha", pode ser. Mas não é por falta de procurar que eu e alguns conhecidos fazemos parte das estatísticas.

As filas de gente a procura de emprego são enormes e não param de crescer. Há os que acreditam que só fica desempregado quem quer. De fato é no momento de sufoco que a criatividade aflora ainda mais, mas nem todos tem recursos para investir em si mesmo, seja por falta de dinheiro para conseguir recursos para criar algo para vender ou para realizar cursos de aperfeiçoamento.

Não vim lamentar a falta de oportunidade ou dizer que hoje em dia não basta ter apenas o ensino superior completo ou que você terá que ter sempre mais a oferecer ou que as empresas vão querer que você tenha menos, pois não poderiam custear seu alto nível curricular, uma hipótese. O que acontece na verdade é que NÃO HÁ VAGA PARA TODOS. Posso até está tendo apenas uma visão, e aqui estou para compartilhá-la: ENCONTRAR EMPREGO É QUESTÃO DE SORTE.

Quantos colegas você conhece que se formaram a alguns anos e até agora não encontraram oportunidade na area em que estudaram? Quantos colegas você conhece que encontraram logo um emprego? Muitos ou poucos, o que vai contar é a sorte, a oportunidade que bateu no tempo que tinha que bater. E também com quem indique uma oportunidade.

Vim te dizer para não desistir. O desemprego é só uma fase e que durante ela você tem que se manter firme e se preparar para um futuro em que a oportunidade vai passar por você e você terá a escolha de agarrá-la ou não. Depende de você, dos objetivos que tem e de quem depende de você ou não.

Eu fico a pensar que para mim está complicado estar desempregada, mais ainda para aqueles que tem a responsabilidade de suprir as necessidades de um outro alguém, de uma família. A cabeça deve ficar a mil e qualquer oportunidade se torna a salvação.

Quando ainda estava na graduação, acreditava que assim que eu saísse da universidade onde estudei seria logo inserida no mercado de trabalho, mas refleti que isso não basta. Não depende só das minhas qualificações. Mas é claro que quem não as tem, sai em menos vantagem.

Comecei a procurar por vagas na minha area e não conseguia valorização ou oportunidades na area. Comecei a ampliar meu campo de entrega, passei além de ir pessoalmente aos lugares, passei a cadastrar curriculos por sites. Não foi o suficiente. Ainda estou à procura, não parando meus estudos.

Não posso restringir esse texto ao meu insucesso temporário, muito menos desmotivar alguém, pelo contrário... Te digo que talvez a culpa não é sua pela não oportunidade de emprego, repetindo, não há lugar pra todo mundo, você tem que persistir, a oportunidade vai chegar. E lembre-se: escolha uma aquilo que lhe faça feliz e não o que lhe dê dinheiro. Boa sorte! Literalmente.


Daniella Lins

Amante de boas histórias, escritora por amor e professora por formação. Gosta de tocar a alma das pessoas através das expressões artísticas, principalmente por textos. Gosta de cativar e ser cativada. Autora do Blog Sem Papas na Língua. http://sempapasnnalingua.blogspot.com.br/.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/sociedade// //Daniella Lins