serendipismo

As melhores descobertas são feitas ao acaso.

Juliana Fiúza

22 anos, carioca, guia de turismo, ganhadora do Talentos Sesc Senac 2016, estudante de Design Gráfico, adepta profissional do flaneur e apaixonada por livros.

Nursery Rhymes e a Cultura Pop

Nursery rhymes, conhecidas como cantigas de roda, surgiram no século XIV, mas atingiram o auge no século XVIII com a publicação de Tommy Thumb's Song Book em 1744. Parte das nursery rhymes criadas nesse período ainda podem ser ouvidas até hoje. Enraizadas na cultura de gerações acabaram chegando nos tempos atuais, cada vez mais presentes, e adquirindo novos significados.


Nursery rhymes, conhecidas como cantigas de roda, surgiram no século XIV, mas atingiram o auge no século XVIII com a publicação de Tommy Thumb's Song Book em 1744. Parte das nursery rhymes criadas nesse período ainda podem ser ouvidas até hoje. A publicação com partitura precursora foi a famosa "Três Ratos Cegos" de 1609, mas uma compilação de partituras foi impressa no século XIX por Edward Rimbault. De acordo com Clemency Burton-Hill, as raízes são ainda mais antigas, pois não haveria cultura humana que não tenha inventado uma forma de canção com rimas para crianças, mesmo que o reconhecimento da importância dessa forma de canção para o desenvolvimento infantil tenha sido muito posterior. Dessa forma, não é errado acreditar que o conhecimento empírico tenha garantido a capacidade de rimas infantis promoverem conexões emocionais e cultivarem a linguagem.

Vale mencionar o valor e conexão histórica que é realizada quando pais modernos cantam essas antigas canções para seus filhos, que acabou gerando longevidade as nursery rhymes, alcançando a cultura pop, definida pelo professor Martin Cézar Feijó como arte erudita com grande difusão na mídia e que tem suas origens nas obras de Andy Warhol.

A seguir três exemplos da presença de nursery rhymes em obras icônicas do cinema e da televisão.

Remember, Remember

CjLLeaN.gif

"Lembrem-se do dia 5 de novembro" ou na versão original "remember, remember the fifth of november". A frase se tornou icônica no cinema ao pronunciada por V em "V de Vingança". Mas essa frase se originou de uma nursery rhyme de 1606, criada para celebrar a morte de Guy Fawkes, conspirador que havia tentando explodir o parlamento um ano antes, no dia 5 de novembro. A celebração e a criação da nursery rhyme serviram para não deixar cair no esquecimento a traição de Guy Fawkes e seus comparsas. Assim como o filme, que é inspirado na história em quadrinhos de Alan Moore e David Lloyd em que o pano de fundo da história era a própria Conspiração da Pólvora, que originou a nursery rhyme.

There Was a Croocked Man

CkW1MA4WkAAtHEw.jpg

No terceiro episódio da primeira temporada de "Friends", Monica apresenta aos amigos seu novo namorado. Durante a exposição de opiniões sobre ele, Phoebe diz que o sorriso dele é como o do homem no sapato da nursery rhyme que ela canta em seguida. Mas Phoebe havia misturado duas nursery rhymes: There Was a Crooked Man e There Was an Old Woman. A primeira é baseada no período do Rei Charles I, século XVII, e o homem que originou a rima seria um general escocês chamado Sir Alexander Leslie, que assinou um acordo que assegurava a liberdade religiosa e política da Escócia. Essa nursery rhyme é tão famosa que já foi até citada por Shakeaspeare em sua obra.

A segunda, The Was An Old Woman, se originou também na Inglaterra, porém foi inspirada na Rainha Caroline, esposa do Rei George II, com quem havia tido oito filhos. A nursery continua fazendo analogias com a época, com "the children" que seria os membros do parlamento e "bed" como as casas do parlamento.

What Are Little Boys Made Of

tenor.gif

Apesar da nursery quase não ser conhecida no Brasil, sua presença na cultura pop é muito forte. É dela que vem a famosa frase "açúcar, tempero e tudo o que há de bom!" eternizada no desenho animado "As Meninas Superpoderosas" e que também aparece no filme "Esposas Perfeitas" de 2004. Em ambos os casos usada com o mesmo intuito: explicar de quê o sexo feminino é feito. E dessa forma indo de encontro a origem da rima, no século XIX com a batalha dos sexos em ascensão. A rima fala do que os meninos e as meninas são feitos, e a versão masculina também é citada no desenho animado, pois certa vez o Macaco Louco criou Os Meninos Desordeiros e achando que "açúcar, tempero e tudo o que há de bom" era muito feminino, ele cria com o grupo usando "galhos, caracóis e rabos de cachorro" como na nursery rhyme. E não foi a única vez que essa rima foi usada, pois David Bowie também recorreu a ela em sua canção "Magic Dance" para o filme "Labirinto - A Magia do Tempo". Na canção, o verso "slimes and snails or puppy dog tails" surge baseado na frase da rima "snips and snails and puppy dog tails" como resposta a que tipo de feitiços o mágico poderia usar.

giphy-downsized-large.gif

Seja como destaque em filmes ou só em pontinhas de séries, as nursery rhymes continuam presentes na cultura e ainda agem como forte inspiração de muitas obras.


Juliana Fiúza

22 anos, carioca, guia de turismo, ganhadora do Talentos Sesc Senac 2016, estudante de Design Gráfico, adepta profissional do flaneur e apaixonada por livros. .
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/sociedade// //Juliana Fiúza