sintonia

A frequência quem define é você.

Luiz Alberto Portes

Um espírito aprendiz que aprecia o infinito, mas se perde em uma tigela de brigadeiro.

Entre o Céu e a Terra, meus pensamentos

No jogo de luz e sombra o que há é você e sua vontade em crescer além das aparências.


Entreoceueaterra3.jpg

Parece ser um inofensivo desenho animado, destes tantos onde existe o lado dos mocinhos e de um outro os caras maus. De um lado anjinhos puros e num outro perversas criaturinhas. E é pela infância que isto começa a ser trabalhado com traços de sutileza protegida por uma normalidade sistêmica. Um algo escondido nos corações humanos que parece não querer demonstrar o tamanho do buraco do qual nos encontramos ainda. Um lugar para simples aprendizes. Um mundo de contradições e seus roteiros amaldiçoados por fantasias mambembes.

O exemplo citado leva em conta sim o esforço de proteger os pequenos. Algo compreensível , necessário e amoroso sem dúvida. Mas o caminho de vigilância, deixando os anos avançarem sem envergonhar-se de implantar uma linha de produção confortável para manutenção das coisas como estão é uma crueldade.

A disposição que se há nas explicações do porque somos todos mocinhos a defender um "aclamado" lado certo não atingiu um nível tal, que seja capaz de admitir tratar-se apenas de alguns esboços mal feitos por imperfeições profundas e humanas. Isto é tratado como se fosse a pior coisa que poderia acontecer. A humildade em reconhecer nossa fragilidade e ignorância.

O que se vê é a procura em disciplinar as mentes a seguirem caminhos conhecidos mostrando os sucessos e os fracassos segundo pontos de vista dos seus encarcerados. "Vai me ver com outros olhos ou com os olhos dos outros?" já dizia Leminski.

Ninguém explica do porque esta trilha é bem vista e esta nem tanto. Com agradáveis sorrisos buscam conservar o dia e a noite como um simples jogo. O dia traz luz com papai do céu junto. A noite vem com as trevas e seus abomináveis demônios. Então é transmitido um mapa e anexo segue uma advertência. Sua escolha vai definir se será acolhido ou não num mundo de deuses vingativos. Bom, disto posto triste é quando há constatação que embarca-se nesta. E como todo mundo quer ver seus traseiros livres de responsabilidades, somos luz. "Guerreiros abençoados pela espada da justiça, comprovadamente legitimado pela árvore genealógica dos nossos ancestrais. Bravos espíritos desbravadores que nortearam o rumo do mundo e nos proporcionam até os dias de hoje sustentação para nossas vidas."

Huahuahua....vai me dizer que nunca ouviu tamanha tolice ou algo parecido? Todo mundo é uma espécie de anjo inimputável. Um coroado servo divino a manter a ordem causando desordem. Típico da mediocridade mundana que domina na base da ilusão os corações orgulhosos.

Enquanto esta rede de intenções meticulosamente elaborada por ditos iluminados, continua a orientar as diretrizes de um mundo já cansativo, a verdadeira natureza proveniente de sentimentos mais leves e desapegados encarregam-se de trazer mudanças significativas ao nosso redor e assim, demônios vão saindo da toca para lançar maldições incrivelmente recheadas de verdade e atrapalhando os planos recheados de prazeres superficiais dos defensores morais da imoralidade.

Entreoceueaterra2.jpg Entre o Céu e a Terra, meus pensamentos e com eles, minha realidade.

Já tomei café com vários destes seres mal compreendidos, diferentes. Mas não lanço mão de abraçar os "paladinos da luz" e oferecer um copo d´água com paz. Entre o Céu e a Terra, cuido dos meus pensamentos e transmito a esperança de que todos tirem esta roupagem para que juntos, auxiliem a descortinar este teatro retrógrado montado para distrair e atravancar o progresso inevitável. Pois este virá certamente. Pela dor ou pelo amor.

Paz.


Luiz Alberto Portes

Um espírito aprendiz que aprecia o infinito, mas se perde em uma tigela de brigadeiro..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @destaque, @obvious //Luiz Alberto Portes