sobre filmes e lobos

Cinema e outras espécies, com um olhar particular sobre esta grande matilha chamada "mundo".

Diego Ribeiro

Gostou do texto?

Confira esse e outros tantos no site www.inspiracine.com.br

Inspira Cine, respire cinema.

Facebook: /inspiracine
Instagram e Twitter: @inspiracine

Adultério – depressão, traição e recomeços pela ótica de Paulo Coelho

Mais do que um livro que explora a “traição”, a coisificando e a punindo, “Adultério” vai no âmago da questão do ser, da necessidade de humana de se arriscar, do quão perigoso pode ser o jogo com a nossa mente e ego , e do que realmente importa para nós ao fim das contas.


Paulo-Coelho-01.jpg Você já traiu? Sentiu desejo por alguém que pertencia a outro, ou mesmo quando você estava em um relacionamento não conseguia parar de desejar aquilo que estava diante dos olhos?

Nunca entendi porque as pessoas, em sua maioria, tem uma opinião homogênea e não tão positiva sobre Paulo Coelho. Fugindo de uma avaliação mais profunda do autor, esse texto busca explorar sua nova obra: “Adultério”. O novo livro do “mago” brasileiro conta a história de Linda. No que poderia ser chamado de auge da sua vida, a personagem principal deste livro é uma suíça na casa dos 30 anos, mãe, bem casada e bem sucedida profissionalmente.

paulo-coelho-64296.jpg

Desbancando de uma posição confortável na sociedade, Linda começa a sentir alguns incômodos com sua vida. De uma hora para outra a rotina que sempre lhe proveu conforto e segurança, agora parece prendê-la em uma espiral de tristeza e medo, como se a sua sanidade estivesse por um fio com o passar dos dias nublados na gélida Suíça.

M_01ea47ee2edc123.jpg

Sem entender o porque de tanto desconforto e tristeza, já que essa possui uma vida “invejável” aos olhos de alguns, Linda começa a se questionar se não falta um pouco de aventura em sua vida. Se a arritmia e o frio na barriga, digna de uma nova “paixão” ou mesmo “aventura” daria um novo sabor aos seus ínsipidos dias.

alg-adultery-jpg.jpg

Resgatando amores do passado, se enveredando por caminhos perigosos e arriscando seu papel de esposa e mãe a protagonista chegará ao inferno, para compreender questões sempre tão bem exploradas por Paulo Coelho, do tipo “quem somos, para onde vamos, e o que é felicidade neste exato momento”.

woman-adultery.jpg

A trama se desenrola de uma forma sútil, mas ao mesmo tempo prende o expectador, não deixando que ele feche o livro sem pelo menos saber o desfecho de uma outra situação na qual Linda está envolvida neste momento. Mais do que um livro que explora a “traição”, a coisificando e a punindo, “Adultério” vai no âmago da questão do ser, da necessidade de humana de se arriscar, do quão perigoso pode ser o jogo com a nossa mente e ego , e do que realmente importa para nós ao fim das contas.

o-ADULTERY-facebook.jpg

É um livro poderoso que muitas vezes pode gerar em nós uma certa compaixão por Linda, mas muitas vezes também gera um desconforto ao encararmos a “feiura” da personagem que muitas vezes se esconde em cada um de nós, ainda como mero leitores...

paulo.png

"Você não escolhe sua vida: É ela que o escolhe. E se o que lhe foi reservado são alegrias ou tristezas, isso está além da sua compreensão. Aceite e siga em frente." - Página 79


Diego Ribeiro

Gostou do texto? Confira esse e outros tantos no site www.inspiracine.com.br Inspira Cine, respire cinema. Facebook: /inspiracine Instagram e Twitter: @inspiracine.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @destaque, @obvious //Diego Ribeiro