sobre filmes e lobos

Cinema e outras espécies, com um olhar particular sobre esta grande matilha chamada "mundo".

Diego Ribeiro

Gostou do texto?

Confira esse e outros tantos no site www.inspiracine.com.br

Inspira Cine, respire cinema.

Facebook: /inspiracine
Instagram e Twitter: @inspiracine

Por que não se deve escapar de "How to get away with murder"?

A série que tem prendido a atenção de todo o mundo por mostrar o Direito e Justiça de forma crua, manipulável e torpe, onde o principal objetivo do seu praticante, seja advogado de defesa ou promotores, é o de proteger seu próprio interesse.


annalise sobre filmes e lobos.jpg

Sucesso internacional, a série "How to get away with murder" já é uma febre no Brasil, mas por que será? Como, em tão pouco tempo, a obra conseguiu contagiar todo o país, deixando-nos refém dessa incrível trama?

how-to-get-away-with-murder-recap-season-1-episode-8-10.jpg

A história que já está na segunda temporada, conta a história da professora Annalise Keating, interpretada por uma força vibrante em forma de atriz chamada "Viola Davis".

Annalise é uma professora de direito penal nada ortodoxa, a qual intitula a própria matéria de "How to get away with murder", no bom português "como se safar de um homicídio". Sendo extremamente respeitada pelo meio acadêmico e temida pelos seus alunos, Mrs. Keating - como é chamada - também atua como advogada da cidade, a mais requisitada, inclusive, trabalhando em seu escritório como o misterioso Frank (Charlie Weber) e sua fiel, mas nem tanto, escudeira Bonnie (Liza Weil).

cb96598b47a334757182ff29860e1bda.jpg

600x337xhow-to-get-away-with-murder-recap-season-1-episode-11-12.jpg.pagespeed.ic.CwTFXdSO5T.jpg

Seguindo a tradição, a professora seleciona seus alunos que se destacam de alguma forma para trabalhar com ela fora da sala de aula, atuando em casos reais, e é aí que a trama começa de verdade. A partir já do segundo episódio, os cinco jovens passarão a fazer parte da trama, e essa escolha bastante eclética só aumentará a qualidade do enredo. Dessa maneira, passamos a conhecer melhor sobre Connor (Jack Falahee), gay que usa do seu carisma e charme para conseguir o que quer, Michaela (Aja Naomi King), uma jovem ambiciosa que busca no Direito o status e poder que nunca teve, Laurel (Karla Souza), rica de origem latina que tenta mostrar à sua conturbada família seu valor, Asher (Matt McGorry), o bobão da equipe que busca, através do trabalho, orgulhar seu pai que é juiz federal e, por último, Wes (Alfred Enoch), um dos principais da série, pobre, órfão e de origem humilde, o qual a vida parece ser um grande mistério.

HowToGetAwayWithMurder Sfl.jpg Além da atuação estonteante de Viola Davis que ganhou o último Emmy, o primeiro de uma atriz negra, e emocionou o mundo com seu discurso, a série tem prendido a atenção de todo o mundo por mostrar um direito e uma justiça de forma crua, manipulável e torpe onde o principal objetivo do seu praticante, seja advogado de defesa ou promotores, é o de proteger seus próprios interesses despreocupando com a justiça e a deixando como pano de fundo, como um meio para atingir um fim numa vertente bem maquiavélica.

Outro ponto forte de "How to get away with murder" são os cortes na trama, o diretor em todo episódio brinca com a cronologia da série mostrando como passado, presente e futuro estão ligados, entrelaçados e explicam a posição de cada personagem, como peças em um tabuleiro de xadrez esperando o próximo movimento.

Uma obra inteligente, ritmada, com um elenco maduro e forte que faz o fãs perderem o sono a cada episódio, e que não tem pudores nem "panos quentes" para tratar sobre nenhum assunto que merece a atenção do público.

O desafio está lançado! Srá que depois de uma episódio você consegue ficar "away" dessa série?

Eu já desisti.


Diego Ribeiro

Gostou do texto? Confira esse e outros tantos no site www.inspiracine.com.br Inspira Cine, respire cinema. Facebook: /inspiracine Instagram e Twitter: @inspiracine.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Diego Ribeiro