sphere

um olhar mais demorado

Cozinha nostálgica e a Rainha dos Pudins

A família, reunida, sentava-se à mesa para saborear as mais apetitosas refeições. E todos riam-se extasiados como num fabuloso comercial de sopa Campbell.


this coffee tells you it is fresher.jpg

Lá pelos idos dos anos 50 e começo dos 60, a cozinha sofreu seu auge. Refiro-me ao cômodo, não à culinária propriamente dita. A cozinha, portanto, era o ambiente mais animado da casa. Era ali que se preparavam banquetes e boquinhas para impressionar o chefe e os sogros. Que se reuniam as amigas para contar sobre o novo salva-vidas do clube. Era ali que começavam os primeiros passos dos filhos, enquanto a avó ensinava a mãe a fazer o mais poderoso dos refogados - tudo para que o maridão chegasse do trabalho e encontrasse o que era de se esperar: a sua esposa devidamente de avental a lhe preparar o manjar dos deuses.

bake advertisement retrodow_1952_plastic_0.jpg

Era dali que surgiam as tortas para recepcionar os novos vizinhos. Aos montes, pulavam do forno os bolinhos para a confraternização da igreja a fim de arrecadar fundos para a construção da creche. Dali ecoavam as explosões quando se abria um pote de azeitonas ou de pasta de amendoim. Os ruídos do liquidificador, da panela de pressão e das latas sendo rasgadas por abridores famintos faziam um côro cotidiano. O calor do forno, o equilíbrio da farinha na balança, o apito do marcador...tudo isso acrescentava à cozinha uma atmosfera familiar, caseira, receptiva...enfim, feliz. Era a felicidade familiar ao melhor estilo da nostálgica época. Era a dona de casa a frente de seu paraíso particular, a proporcionar alegria aos seus queridos.

sopa-campbell.jpg

Sem Título-1.jpg

Mas o tempo não somente leva a vitalidade e a juventude embora, como também a fascinação por cozinhas cor-de-rosas e visual retro. Hoje em dia, muitas casas mantém a cozinha como um lugar neutro. Uma mudança drástica dos tempos. Pinta-a de branca, coloca-se um fogão para disfarçar, uma mesa para dois e pronto. Lugar mais inútil não há no século XXI. Com a invenção do micro-ondas e os restaurantes fast-food, definitivamente a cozinha passou do posto do mais acolhedor ambiente da casa para o quase desnecessário, pendendo para o limbo da inutilidade. Um desastre não somente para a família, que funcionava ao redor da cozinha, como também para a nossa saúde.

Sem Títulog-1.jpg

Hoje nos entupimos de coisas congeladas, industrializadas, processadas. Conservantes, colorantes. Forno, o que é isso? - perguntarão nossos filhos. Por isso, a cozinha Obvious traz uma receita dos golden times da culinária caseira. Uma receita que fazia o homem afrouxar a gravata, sentar na poltrona de veludo e pedir uma cerveja para a esposa (what else?) enquanto assistia a "Bewitched". Não era um mundo maravilhoso?

retrorecipechallenge.jpg.0.jpg

Para relembrarmos a cozinha de outrora, e a celebrar, apropriadamente, aqui vai a receita da sobremesa clássica, de 1961: Queen Of Puddings - ou a Rainha dos Pudins, se preferir. Portanto, coloque seu melhor avental e reaviva sua cozinha!

3477_3_A1.jpg

Ingredientes:

1/2 litro de leite
1 colher de sopa de manteiga
Casca ralada de 1/2 limão
1/2 xícara de pão ralado fresco
2 ovos
1 clara de ovo
1 xícara de açúcar
1 xícara de geleia de framboesa ou frutas vermelhas de sua preferência.

Modo de Preparo:

Coloque o leite, a manteiga e a casca de limão ralada em uma panela e deixe ferver. Despeje esta mistura sobre a farinha de rosca e a deixe se transformar em um mingau cremoso.

Pegue os 2 ovos e separe as gemas. Bata as 2 gemas e acrescente ao mingau cremoso, adicionando metade do açúcar. Despeje a mistura em um recipiente e o coloque dentro de uma forma funda com água. Leve ao forno a 180°C durante 20 minutos, para assar em banho-maria. Quando estiver firme, retire do forno e espalhe a geleia por cima.

Bata em neve as 3 claras restantes, até ficar firme. Adicione o restante do açúcar e bata novamente. Cubra a camada de geleia com as claras em neve, polvilhe um pouco de açúcar por cima e leve ao forno, novamente, a 180°C por mais 10 minutos até que o merengue esteja levemente dourado.


Bom apetite!

ZZ5E505919.jpg

Para quem precisa de inspiração ao criar um ambiente nostálgico, aqui está um comercial da Campbell's Soup, de 1975.


rejane borges

Gosta das cores de folhas secas ao chão. E das cores das folhas velhas dos livros..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //rejane borges