sphere

um olhar mais demorado

Ilustração como forma de instrospecção.

Nem toda a gente encara as dificuldades da mesma maneira. Muitos de nós extravasamos as frustrações, tristezas e angústias na escrita, a outros basta uma tarde de exercício físico intenso, outros ainda procuram um ombro amigo para desabafar. Alex Noriega faz o que lhe dá gosto fazer, ilustrações com pequenas reflexões da sua própria vida, mas que se aplicam perfeitamente a qualquer um de nós.


3.jpg

Um dia destes enquanto navegava pela Internet, deparei-me com o blog de ​​Alex Noriega, um ilustrador de Barcelona que nos apresenta de uma forma simples e com bastante humor, ilustrações com alguns factos sobre a vida. Lembrei-me de uma conversa que vinha mantendo com uma pessoa amiga, sobre frustrações e de como por vezes parece que a vida nos prega algumas rasteiras. Por vezes sucedem acontecimentos que nos levam a repensar a maneira como encaramos a nossa vida, e o que realmente é importante para nós. Pessoalmente eu não gosto de me focar na negatividade dos factos, raramente (para não dizer nunca) algo de bom surge dessa negatividade, mas pode servir para perceber aquilo que não queremos na vida.

10.jpg

No ano de 2010 Alex estava a passar por uma crise devido a alguns problemas no trabalho, foi então que ele decidiu começar um blog chamado "Coisas que ninguém me disse". Foi uma forma de tentar perceber o que ele estava a fazer de errado na sua vida. Algumas pessoas procuram ajuda médica, outros falam com amigos, outros ainda guardam tudo para si. Como ilustrador que é, Alex decidiu colocar no papel tudo o que ele aprendeu na sua vida, tudo de uma forma o mais simples possível, para assim tentar ver se o que estava acontecendo ao seu redor fazia algum sentido.

O resultado é uma série de ilustrações bastante divertidas, mas que refletem um pouco a realidade vivida por cada um de nós.

2.jpg

1.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

7.jpg

8.jpg

9.jpg

11.jpg

12.jpg

13.jpg

14.jpg

15.jpg

16.jpg

17.jpg

18.jpg


Vasco Neves

Sento-me em frente ao mar, e a ele digo-lhe tudo aquilo que a ti não consigo....
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/design// @destaque, @obvious, @obvioushp //Vasco Neves
Site Meter