sphere

um olhar mais demorado

Je suis Winnie l'Ourson

Racismo, intolerância e preconceito são os temas que o fotógrafo francês Benjamin Béchet trouxe à tona em sua série “Je suis Winnie l'Ourson” (“Eu sou ‘Winnie, the Pooh’”).

© Benjamin Béchet - Winnie the Pooh, 53 anos, pedreiro

Béchet convidou pessoas da vida real para se vestirem de super-heróis ou personagens da literatura infantil e exercerem sua função do dia a dia.

Ele quis quis contestar os pensamentos que simplificam as pessoas segregadas, que são "invisíveis" ou sofrem preconceito.

Roma foi a cidade escolhida para o projeto que, segundo Béchet, no momento é um terreno fértil de intolerância e violência.


© Benjamin Béchet - Batman, 33 anos, frentista


© Benjamin Béchet - Snow White, 31 anos, prostituta


© Benjamin Béchet - Donald, 51 anos, vendedor de rosas


© Benjamin Béchet - Goofy, 54 anos, vendedor ambulante


© Benjamin Béchet - Hello Kitty, 42 anos, doméstica


© Benjamin Béchet - Spider-Man, 36, limpador de para-brisas


© Benjamin Béchet - Hulk, 44 anos, músico do metrô


© Benjamin Béchet - Mickey, 48 anos, morador de rua


© Benjamin Béchet - Minnie, 41 anos, faxineira

Margarete Morrissey

Eu tenho um coração um século atrasado..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @obvious, @obvioushp //Margarete Morrissey
Site Meter