sublime uma prosa com deuses ou com você mesmo

Eu sou... e sempre serei até o fim

Krevas Cobain

Formado em filosofia, amante dos bares da vida em que as idéias fluem porque elas não possuem donos, possuem, sim, vida própria.

Freak e a estética em Silverchair

A atitude de ser ou de tomar decisões em dada circunstância é o que define se você é diferente ou igual a tantos outros produtos fabricados pela ideologia que a mídia mundial tanto prega. Vejamos isso tomando como parâmetro a estética em Silverchair.


Silverchair é uma banda australiana formada em 1992. Inicialmente formada por quatro membros denominava-se “”Innocent Criminals”, com a saída de um deles e a vitória da competição nacional “Pick me” passaram a intitular-se Silverchair.

SilverJegue.jpg

Passadas apresentações vamos aos fatos: seu segundo álbum e a música que foi um dos carros-chefes de seu sucesso: Freak. Não que o álbum Freak Show não tenha sido um sucesso, porque, incontestavelmente foi. Segundo o próprio vocalista/ guitarrista Daniel Johns: “Freak é sobre pessoas que tentam ser diferentes, mas no fim são sempre iguais(...)”.

Não há para onde você correr, a ideologia mundial trabalha para fazer de você o único, mas no fim vendem essa mesma ideia para mais algumas zilhões de pessoas. A estética é um dos maiores exemplos disso. Só que também falaremos aqui, da estética interior: a comportamental, isto é, as atitudes.

A atitude de ser ou de tomar decisões em dada circunstância é o que define se você é diferente ou igual a tantos outros produtos fabricados pela ideologia que a mídia mundial tanto prega, tipo, o corpo ou cabelos ideais. Não é apenas uma questão de cor de cabelo exótica ou do modo de vestir-se, mas, sim do modo de como bem comportar-se, a coragem de decidir pelo diferente e não pelo igual, quer dizer, de tomar fôlego para criar a coragem de uma decisão que vá de encontro a interesses alheios com o objetivo de um bem maior.

-Freak-silverchair-18956457-1360-768.jpg

Afinal, o que faz uma aberração não é somente o visual, mas atitudes, e não aquelas diferentes para simplesmente aparecer, mas para fazer o que é necessário. Que seja “Freak” mas que seja para ser melhor, para fazer-se melhor, ...melhor, para fazer do mundo um lugar melhor.


Krevas Cobain

Formado em filosofia, amante dos bares da vida em que as idéias fluem porque elas não possuem donos, possuem, sim, vida própria. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @obvious //Krevas Cobain