submundo do som

Eles não vão entender, não vão consumir

Jeff Ferreira

Eu sou um misto de ossadas indigentes
Ao lado do cadáver de Tim Lopes
Com fliperama violento de boteco
Informação para desviciar os olhos

  • Chorão e o Rap

    Chorão, eterno líder de uma das bandas de rock mais influentes e importantes do Brasil, o Charlie Brown Jr, sempre bebeu na fonte do rap imprimindo um estilo próprio e único na cena da música brasileira. Desde seu primeiro disco, o Transpiração Continua Prolongada, até os últimos dias de sua viada, Chorão mesclou vários ritmos com o seu rock n' roll, como o ska, reggae, ragga e o rap. Chorão não era uma caricatura de roqueiro que se aventura no hip hop, e sim um legitimo apreciador da cultura, sabendo de suas raízes e princípios e importância como música e agente de transformação para a comunidade. Chorão sempre respeitou o rap, e esse artigo busca resgatar os momentos que o vocal do CBJR levantou a bandeira do rap nacional, e não foram poucas vezes.

  • 850xN.jpg
    A Transpiração Continua e Prolongada do Charlie Brown Jr

    Estamos em 2017 e o disco de estréia dos manos de Santos completa 20 anos. O Charlie Brown Jr chegou chegando em seu primeiro álbum, num estilo mais debochado, porém com uma originalidade pouco vista, que buscava misturar o o rap, ska e hardcore, e que mais tarde viria a influenciar diversas bandas que. O disco contém 15 faixas, dessas, 3 são vinhetas, e 6 tocaram nas rádios, num tempo em que as rádios tocavam rock.

  • Gustavo.jpg
    O Ano do Macaco de Black Alien

    Gustavo Black Alien em seu primeiro disco o Babilon by Gus, volume 1, o ano do macaco, mostra seu potencial que vai além do Planet Hemp e da dupla com Speed, numa sonoridade singular que atinge o plural, versatilidade nas batidas e rimas nesse álbum que é um marco para o rap brasileiro e considerado como um dos melhores discos do gênero e que mais de 10 anos depois se mantém vivo nos ouvidos dos amantes do bom som.

  • criolo-bio.jpg
    Quem é o Criolo?

    A voz da nova geração da música brasileira contém o Criolo, poeta do rap, que tem respingos de sua arte em outras esferas da música brasileira. Com um estilo ímpar, o Criolo arrasta uma multidão por onde passa e influencia os jovens com os temas de suas canções, trazendo para o rap novos adeptos, e leva para o samba, MPB, reggae e até bolero as gírias do hio hop, conheça um pouco do Criolo e qual é a sua missão.

  • furto2.png
    A Sangueaudiência d'O F.UR.T.O.

    Conheça a banda O F.UR.T.O, de Marcelo Yuka, ex-letrista e o fundador da banda O Rappa, conheça as ideias do grupo, a pegada musical viajando pelo primeiro e único disco dos caras, o Dangueaudiência, música, na concepção música e poesia musicada que faz os auto falantes explodirem!