superantropia

Até onde podemos chegar?

Wellington Freire

Profissional das Letras. Adora uma boa conversa e reflexões pertinentes. A escrita é apenas (mais) uma forma de expandir a sagrada filosofia de buteco nossa de cada dia.

Hoje eu quero apenas um novo começo

O que é a vida senão um eterno arriscar? Um mega-cassino no qual estamos sempre ganhando e perdendo?


frases_de_sol.jpg

Você despencou do 30º andar. Caiu na real, perdeu a fé, apertou o F5. Não imaginava que a queda seria tão alta, nem que a dor de se chocar contra a realidade fosse tão forte. Tentou encontrar mil e uma desculpas para não fazer aquilo que sabia desde o começo que era o melhor para si. Relutou, matou no peito, tentou deixar para amanhã, pensou, repensou, quebrou a cara, ficou inerte e por fim decidiu pela via que acreditava ser a correta.

A vida não é um cubo mágico que você pode fazer e desfazer quando bem entende. A vida simplesmente não permite control+z sem marcas.

É lei: ação gera reação. Mas você é um bom aprendiz e já sabe que toda decisão tem seus frutos bons e seus frutos ruins, o bônus e o ônus. A experiência te fez entender, a duras penas, que nem todo bônus é uma maçã doce, assim como o ônus não é tão amargo como o féu.

Mas, convenhamos, você não tinha uma luneta de longo alcance que permitisse ver os resultados potenciais. Mas e daí? Pra que se culpar? O que é a vida senão um eterno arriscar? Um mega-cassino no qual estamos sempre ganhando e perdendo?

Certas decisões simplesmente não têm volta. Seria ótimo se na vida houvesse um controle remoto que permitisse dar um “fastback” naquele momento crucial e a partir desse momento reescrever uma nova história. Mas não. Neste espetáculo não é permitido ensaio, desculpe. A experiência é algo sublime! O poeta espanhol Antonio Machado, já dizia em um dos seus mais maravilhosos versos

Caminhante, são tuas pegadas o caminho e nada mais; caminhante, não há caminho, se faz caminho ao caminhar.

Quando você não conseguir suportar as suas escolhas, lembre-se dessas palavras. Você não é obrigado a nada. E viver se aprende.... vivendo! Pense que talvez você só esteja precisando de um novo amanhecer. De um tempo para si mesmo, de um vento no rosto e de um miligrama de coragem para seguir em frente.


Wellington Freire

Profissional das Letras. Adora uma boa conversa e reflexões pertinentes. A escrita é apenas (mais) uma forma de expandir a sagrada filosofia de buteco nossa de cada dia..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 2/s/recortes// @obvious //Wellington Freire