superela

A plataforma que te empodera

Superela

Uma plataforma feita para empoderar o maior número de mulheres possíveis, transformando Elas em Superelas! Tudo sobre amor, sexo, vida, autoestima, corpo, carreira, estilo e beleza.

FOMO: você sofre disso toda vez que abre o Instagram

FOMO é a sensação de as outras pessoas estão se divertindo muito mais do que você, pode causar ansiedade e até depressão.


Se você é da geração internet, já ouviu falar sobre FOMO alguma vez na vida. A sigla significa fear of missing out, ou medo de ficar de fora, em inglês. Pensa naquela sensação que você tem toda vez que viu no feed as fotos daquela viagem da galera que você não pode ir, ou daquele encontro de amigas num dia que você precisava trabalhar até mais tarde.

Eu já senti FOMO muitas vezes – em todas aquelas noites que passei vendo Netflix e me afundando no Instagram, para ser sincera. E, acredite, não tem nada de engraçado sentir o tempo todo que você deveria estar em algum lugar que não está. Não à toa, as redes sociais são conhecidas por causar ansiedade e até mesmo depressão.

A gente pode ser bem ingênua e dizer que é tudo culpa de Mark Zuckerberg e companhia, que criaram redes altamente viciantes e que tomam tanto do nosso tempo. Mas, como eu disse, isso é ingenuidade. Todas essas redes foram criadas pensando em conectar pessoas, o nosso comportamento simplesmente acabou se moldando em torno disso. Se as redes são viciantes, é porque nós temos uma tendência a ficarmos muito mais ligados nisso do que deveríamos ou gostaríamos.

FOMO é uma coisa tão séria que já virou estudo em universidades renomadas no exterior, que provaram que mais de 75% dos adultos que estão conectados já sofreram disso. É uma sensação de que você gostaria de estar em todos os lugares ao mesmo tempo, de que nada é bom o suficiente e de que as outras pessoas estão se divertindo mais e tendo experiências mais significativas do que você.

A coisa é toda é tão séria que pessoas que sofrem desse medo se sentem menos competentes, menos autônomas e menos conectadas com as outras. É a sensação de abandono que aumenta a cada like na foto da festa.

Tenho FOMO e agora?

Não é difícil identificar se você é uma das pessoas que sofre de FOMO ou não: basta abrir o feed do Instagram e prestar atenção no que você sente. O problema, porém, é o que fazer com isso. Se você se sente muito ansiosa só de olhar os feeds, o que isso quer dizer do resto da sua vida? O que fazer com essa bomba que pode explodir a qualquer momento?

1.Diferencie a vida online, da realidade

Por mais que você olhe para as fotos do jantar dos seus amigos no Paris 6 e pense e pense que a vida deles é melhor do que a sua, olhe de novo: o Instagram e qualquer outra rede social é apenas um recorte da vida de uma pessoa. Esses diferentes tipos de mídias mostram apenas a vida que todo mundo gostaria de ter. Ninguém vai postar sobre o dia que passou de cama de ressaca ou então sobre os momentos que se sente tão triste e sozinha que é quase esmagador. Todo mundo edita a própria vida na hora de fazer um post no Facebook.

2.Não exagere na dose

Por mais que seja praticamente impossível você não ter nenhum tipo de conta nas redes sociais, isso não significa que você precisa ficar conectada 24 horas por dia. Limite o seu tempo nas redes, faça um detox digital se preciso, tente não olhar tanto o feed. Isso não vai solucionar completamente a sua sensação – afinal, com ou sem redes sociais, sempre vão existir pessoas fazendo coisas das quais você não está participando -, mas, pelo menos, vai ajudar, muito, com a sua ansiedade.

3.Não se culpe por querer ficar em casa

Todo mundo tem aqueles dias em que simplesmente não quer sair e prefere fazer maratonas de série a ir para um bar. Isso não é errado! Se você sente que quer mesmo ficar em casa, fique! Faça o que deixa o coração em paz. Porém, preste atenção no porque você quer ficar em casa. Uma coisa é escolher por isso para aproveitar uma noite tranquila, descansar e ver algo que você gosta. Outra totalmente diferente é usar de uma noite em casa para reclamar que você nunca sai.

4.Chame seus amigos para sair!

Se você está com vontade de sair com os seus amigos, saia! Convide-os para uma festinha em casa, para um jantar ou para um café. Não se prive de encontrar outras pessoas só porque você acha que elas estão se divertindo muito mais sem você. Isso não é verdade.

No mais, é sempre bom prestar atenção, de verdade, no quanto o FOMO está afetando o seu dia a dia. Se os seus níveis de ansiedade não estão fáceis de lidar, se você se sente triste o tempo todo e muito sozinha, peça ajuda a um profissional. Converse com alguém sobre o que você sente, vá atrás de uma solução. Ao que tudo indica, as redes sociais vão continuar por aí, então é melhor a gente aprender a lidar com elas do que deixá-las dominarem a nossa vida completamente, não é?

Texto escrito por Marcela De Mingo e publicado originalmente no Superela.


Superela

Uma plataforma feita para empoderar o maior número de mulheres possíveis, transformando Elas em Superelas! Tudo sobre amor, sexo, vida, autoestima, corpo, carreira, estilo e beleza..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //Superela
Site Meter