tantas palavras

Um olhar aprofundado sobre as coisas e as pessoas do mundo

Bruno Lemos

É imprescindível sempre estar disposto a aprender mais com cada ser humano que cruza nosso caminho, pois a Estrada do Conhecimento é infinita.

Nossos Filhos

Filhos...Protegê-los do mundo ou deixá-los aprender tudo por si sós? O equilíbrio é a resposta mais sensata para a difícil tarefa de ser Pai, Mãe e Educador.


New_NOSSOS FILHOSL.jpg Não faça tudo pelo seu filho, faça apenas um pedaço.

Comece dando um banho completo nele, depois deixe ele lavar a cabeça, depois de um tempo deixe ele se ensaboar sozinho e depois de um tempo se enxugar sozinho.

Não arrume todo o quarto dele, só parte do quarto. Ensine-o a ter responsabilidades. Claro que você pode pegar um copo com água e uns biscoitos pra ele lanchar, mas não faça sempre. Faça-o se levantar, sair da comodidade do quarto e dos games e fazer exercício.

Faça ele ajudar nas tarefas domésticas e a gostar de ser útil. Deixe ele tirar o prato da mesa após as refeições e colocar na pia. Peça pra ele lavar ou enxugar os pratos no fim de semana, não seja escravo dele. Deixe ele estender no varal a toalha molhada do banho.

Relaxe as tarefas dele no fim de semana, mas não deixe ele ficar assistindo tv até tarde durante a semana, pois precisa acordar cedo pra ir pra aula no dia seguinte.

Ensine a ele o valor dos livros e dos filmes e das músicas de qualidade. Muita coisa ele vai aprender simplesmente repetindo o que vê você fazer em casa todos os dias.

Leve-o para conhecer crianças pobres, pra ele dar valor aos bens materiais, à escola, ao estudo e, futuramente, ao emprego. Opine nas roupas dele, mas deixe ele escolher as próprias roupas também.

Ensine a ele que todo alimento é sagrado, e o que ele desperdiça poderia muito bem estar ajudando uma pessoa faminta.

"Cresçam juntos" e não com você fazendo tudo pra ele, entregando tudo de mão beijada. Afaste esta dependência. As responsabilidades complexas da vida adulta nascem de um "embrião de independência" plantado durante o crescimento da criança. Se você não confiar no seu filho, se você sempre super-protegê-lo do mundo, tampouco ele vai confiar em si mesmo. Muito adultos inseguros são o resultado de "criações-em-bolha", cujos pais sempre resolveram tudo pra eles.

Torne-se "desnecessário" à medida que ele cresce, de modo a que seu filho ou filha, quando se tornarem adultos, não precisem recorrer à sua ajuda ou conselhos a todo instante. Faça-os confiarem em si mesmos, mesmo na sua ausência.

Crie seus filhos de modo a que eles se tornem também seus melhores amigos, e que quando você partir desta vida, um dia, pelo portal do túmulo, partas com a certeza de que não apenas formou um homem ou uma mulher preparados para tudo, mas também para o mundo e para inevitáveis despedidas...


version 1/s/sociedade// @destaque, @obvious //Bruno Lemos