tavernarias do vix

Expondo minha nem sempre popular opinião.

Victor de Andrade

Saudações, nobre Aventureiro do Cotidiano! Esse texto foi originalmente postado na página da Taverna do Aventureiro assim como outras Tavernarias do Vix e de seus comparças. Visite, comente, interaja! // facebook: http://facebook.com/tavernadoaventureiro // twitter da Taverna: http://twitter.com/Tavernaria // twitter do Vix: http://twitter.com/Tio_Mago

Wet Hot American Summer: First Day Of Camp

Wet Hot American Summer: First Day of Camp é a nova comédia do Netflix que chega com seu humor absurdo e mostra como começou o acampamento retratado no clássico filme de 2001. Venha ver como o tempo é bizarro e os relacionamentos mais ainda no acampamento Firewood.


maxresdefault.jpg

Glee. Malhação. Qualquer filme com a Ellen Page. Qualquer filme sobre escolas norte americanas. Qual a relação entre essas quatro categorias? Todas elas usam atores de trinta e poucos anos pra fazer o papel de adolescentes. Goste ou não dos filmes e séries, isso é sempre algo que deixa o espectador com um sentimento de estranheza. E este sentimento está sempre presente, a não ser que a série venha quebrando tudo como foi com Wet Hot American Summer: First Day Of Camp.

"Wet Hot American Summer: First Day of Camp (2015)"

Mais uma da coleção de séries exclusivas do Netflix, Wet Hot American Summer chega com sua primeira temporada completa e honrando muito bem o estilo trash e galhofa do filme de mesmo nome, lançado em 2001. Retratar com comédia um dia na vida de crianças americanas e sua tradição de frequentar acampamentos de verão é simples, e isso já foi feito em vários filmes dos anos 90 que cansamos de assistir na saudosa Sessão da Tarde, mas fazer isso de uma maneira tão absurdamente engraçada (mais absurda que engraçada, nesse caso) foi o feito alcançado no filme que contava com um elenco de nomes como Paul Rudd, Amy Poehler e Bradley Cooper.

"Cena do filme original de 2001 com os falso-adolescentes e as crianças do acampamento"

No filme de 2001 dirigido por David Wain, os atores Rudd, Poehler e Cooper, por exemplo, tinham respectivamente 32, 30 e 26 anos de idade e atuavam no papel de adolescentes de 16 anos no último dia do acampamento de verão. Romances bizarros, personalidades fortes e latas falantes juntamente com um senso de tempo completamente errado – essencial para encaixar o tanto de coisas que acontecem nos 97 minutos de filme em um só dia de acampamento, são partes essenciais da completa e hilária confusão que é o filme.

Mas falando sobre a série! David Wain voltou para a história do Acampamento Firewood (cenário da maior parte da série/filme) pra contar como foi o primeiro dia do acampamento, contando como surgiram os romances bizarros, como a menina recatada virou a “pegadora” do grupo, como o cozinheiro foi de Zen à ex-militar e é claro, como uma lata de legumes adquiriu a habilidade de falar (sim, isso existe).

"Gene, o cozinheiro que passa por uma mudança dramática de personalidade"

E aquele “problema” da idade dos atores? Que problema!? Com os mesmos personagens de volta contando como tudo começou, nada mais justo que usar o mesmo elenco! Não importa o fato de que Rudd, Poehler, Cooper e companhia agora têm mais de 40 anos nas costas; Não importa o fato de que nos 14 anos entre uma obra e outra alguns dos atores sofreram com a impiedade do tempo. Não mesmo, tudo isso contribui para a estrutura cômica da série. Ver os atores quarentões fingindo ser mais novos e atuando com atores mirins foi um dos motivos pelos quais continuei assistindo a série.

"Paul Rudd no filme de 2001 (esquerda) e na série de 2015 (direita)"

Outro motivo foi o senso distorcido de tempo. Na série, similar de como foi no filme, a temporada inteira mostra apenas um dia de acampamento encaixando um desenrolar complexo da história, ou seja, na série nós vemos uma peça de teatro ser produzida, ensaiada e apresentada no mesmo dia; nós vemos um caso judicial ser levado a um advogado (papel do mito Michael Cera), analisado, levado ao tribunal e julgado… tudo no mesmo dia.

Se o que você está procurando é uma série de episódios rápidos, absurdos e sim, engraçados, daqueles que você não precisa se esforçar pra entender, Wet Hot American Summer: First Day Of Camp é a série perfeita pra você. Com vários elementos cômicos que vão além do próprio enredo, com um elenco com estrelas do cinema atuando em papéis bizarros e com aquela vibe de férias de verão da Sessão da Tarde, a nova comédia original do Netflix chega fazendo outras séries de comédia parecerem sérias demais. MAS É IMPORTANTE ASSISTIR AO FILME ANTES, senão muitas referências vão passar sem você perceber.

O @Tio_Vix assistiu a série e curtiu, e você, vai assistir? Já assistiu e tem algo a acrescentar? Comente no post na página da Taverna do Aventureiro, ou converse com a gente pelo twitter @Tavernaria.


Victor de Andrade

Saudações, nobre Aventureiro do Cotidiano! Esse texto foi originalmente postado na página da Taverna do Aventureiro assim como outras Tavernarias do Vix e de seus comparças. Visite, comente, interaja! // facebook: http://facebook.com/tavernadoaventureiro // twitter da Taverna: http://twitter.com/Tavernaria // twitter do Vix: http://twitter.com/Tio_Mago.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Victor de Andrade