toca a fita

Um mixtape de música, filmes, livros e cotidiano

Rafael Moreno

Aquele clima despretensioso dos filmes dos anos oitenta, com uma dose de Tarantino e uma boa trilha sonora ao fundo.

  • clark-kent-s-been-right-all-along-study-shows-that-glasses-really-do-keep-your-identity-secret.jpg
    O papel do herói

    Eles existem para nos lembrar quem somos, independente das escolhas que constantemente somos obrigados a fazer durante toda nossa vida. Dia após dia. Hora após hora. Minuto após minuto. Sobre tudo e todas as coisas.

  • b899d9_1c4910e1d33e4e178e6e482b5d4a9b38.png
    Quando se atinge o auge

    A série cresceu e já não se tratava mais de uma criança e uma adolescente atrás das sete esferas do dragão. Se tratava de algo maior, mais adulto e, porque não, mais sério. Ainda sim, em meio a tudo isso, sentimos que ali havia coração. E, por ainda possuir coração, já nos basta.Talvez seja a coisa mais essencial que deva existir em nosso amadurecimento.

  • r8ayqd.png
    Caia fora dos remakes e reboots!

    Faça diferente. Ouse com você mesmo. Fuja das armadilhas de regravações, reboots e remakes. Pés no chão e cabeça nas nuvens. Isso não é uma fórmula, mas é um bom caminho a se seguir. Onde quer que você queira ir, vá. E vá longe. Tem muita gente ansiosa para seu próximo lançamento.

  • 8667453_orig.jpg
    Vai nessa, toca a fita

    Não perca tempo apegado com as músicas que possui. Elas estão ali, bem guardadas e não vão sair de lá. Mude um pouco, amplie seus sentidos e seus horizontes, há tantos mix a serem explorados que é quase uma covardia não fazer. Não se engaiole naquilo que te traz uma sensação de segurança. Vai lá, troca a fita, muda o cd, baixe um álbum diferente e tente se dar uma chance.

  • 20090107145837_6678_large.jpg
    O jeito é continuar seguindo em frente

    Acho que as coisas deveriam ser mais fáceis. Ou menos complicadas do que se parece. Diziam ser impossível ir para a Lua e hoje procuramos evidências de vida em Marte.
    Mais difícil que começar um sonho é continuar com ele. E isso não significa que você deva parar.
    Isso só mostra que o caminho as vezes é complicado. Que talvez não tenha tantas flores durante o caminho. Que será preciso apenas uma mão para entender quem está contigo aguentando todas as vezes que você mandar tudo para o alto.

  • 560.jpg
    Eita, vamos correr disso aí

    Meu, o que você ainda está fazendo aqui? Vai embora, vaza, sai dessa zona de conforto. Corra Forrest Gump, corra! Veja bem, sei que deve ser embaçado, também fico entrando e saindo todo o tempo dessa zona de conforto, mas tenho alguns pontos que me fazem acreditar que o melhor de tudo é sair de lá. De uma vez só. E pra nunca mais voltar. Bora sair dessa zona de conforto.

  • tropa-de-elite-2-01-g.jpg
    Ei Zack Snyder, bora trocar uma ideia?

    O visual é excelente. Os efeitos especiais, nem se discute. Porém, faltou algo, um pequeno detalhe: entender os personagens da trama. É Zack Snyder, talvez, indiretamente, meu conterrâneo José Padilha tenha feito um Batman v Superman mais plausível e próximo do cânone dos personagens com o Tropa de Elite 2: O inimigo agora é outro. Quer dar uma olhada?

  • 104.jpg
    Fuçando o baú do Pensador

    Vem cá, bora dar uma fuçada no baú de um dos maiores nomes do rap nacional? Bora lá, garanto para vocês que não irão se arrepender. No baú do Gabriel o Pensador tem muita coisa interessante. Um pouco de ritmo, um pouco de poesia e temos um mix de boa música. Um forte abraço e boa viagem nessas letras

  • friends1.jpg
    Você foi corajosa, hein Friends?

    Friends conta a história de seis amigos: Ross, Rachel, Chandler, Mônica, Phoebe e Joey, que dividem dois apartamentos, cumplicidades e experiências de vida. Mas a série, por trás disso, tem muito a dizer, mas muito mesmo.
    Talvez não seja só sobre eles. Talvez seja sobre todas as pessoas que nos cercam, afinal de contas, não nascemos nesse mundo para vivermos sozinhos. Aprender e entender o próximo se faz essencial para que possamos continuar caminhando pra frente.

  • breakfast-club (1).jpg
    A primeira regra do Clube dos Cinco é...

    O Clube dos Cinco te oferece um espelho para que você possa se ver refletido. Ver quem realmente você é. Fará você enxergar aquele seu “eu” que sempre almejou ser, sem qualquer tipo de adulto do seu lado, dizendo o que você pode ou não fazer, o que deve ou não fazer.

    Um espelho que vai muito além do reflexo.

  • tumblr_nk94wbtyhu1qivigxo1_500.jpg
    Faça desse drama sua hora

    É por essas e outras que uma boa série de comédia é capaz de nos entreter com muito mais facilidade. Além de trazer leveza aos nossos dias tão corridos, ele é capaz de ensinar, aconselhar, mesmo que, para isso, tenha que falar um pouco sério.

    Faça desse drama sua hora, mas não deixe de perder o sorriso por causa disso.

  • 1291c8dc0d084897c8ba96b70b18b6dc.png
    Bora fazer melhor?

    E lá se foram oito temporadas até a gente conhece-la. A nona temporada tinha potencial, ela poderia ser muito mais do que foi. Uma temporada focada em Ted e Tracy, assim, sem segredo nenhum. Talvez a maior ousadia de todas, as vezes, é ter a humildade e consciência de seguir pelo caminho simples, pois muitas das vezes, é o caminho mais sincero e bonito que temos para trilhar.

  • video.yahoofinance.com@634eaa4f-c436-39f4-954b-271537f662b3_FULL.jpg
    Falando em série

    Ela pode ser aquela válvula de escape num dia estressante, como também pode ser aquele cupido que vai te unir com seu/sua the one. Ela pode ser aquela visita que acaba unindo a família toda, mesmo sendo num intervalo de tempo de suas horas de duração. Ela pode ser sua preguiça num dia chuvoso. Ela pode ser seu tédio, desânimo ou pode ser você naquele dia em que você não faz questão de ser paciente com ninguém.

    Com medidas mínimas, ou em grandes doses, as séries estarão lá para você.

  • 650105-thumb-800x498-73775.jpg
    Aquele rabugento tinha muito a dizer

    Não é a toa que esse rabugento, de camiseta velha e calça jeans surrada, com a cara de poucos amigos, sempre nervoso com qualquer brincadeira da criançada naquela vila, é nosso personagem favorito dentre todos aqueles da vila. Nunca nos sentimos tão identificados com alguém que, por mais dificuldades que passava, conseguia arrancar um sorriso do rosto e expressar sua grandeza, não só pelas palavras, mas por suas ações.

  • jumanji1995hdtv720pac3x-1200x675.jpg
    O que é que está acontecendo?

    Sabe aquele filme do Bruce Willis, em que ele encontra sua versão criança de oito anos de idade, Duas Vidas? Pois é, faça esse exercício e verá que seu eu de oito anos de idade também não ficaria muito bem contigo, por isso é melhor apertar o passo e correr atrás dele, antes que o perca de vista.

Site Meter