toca a fita

Um mixtape de música, filmes, livros e cotidiano

Rafael Moreno

Aquele clima despretensioso dos filmes dos anos oitenta, com uma dose de Tarantino e uma boa trilha sonora ao fundo.

Segura esse hype aí

Star Wars Episódio 7 é bom. Stranger Things também é bom. Mas são bons, não muito mais que isso e, no final das contas, está de bom tamanho. Então segura o hype dos sites, trailers e de tudo que comentam por aí e escolha gostar, ou não, dos filmes e séries que achar que deve gostar.


500-01.jpg

Ele tá ouvindo um som e ela pensando em alguma coisa para ocupar a cabeça durante aqueles trinta segundos que o elevador leva para chegar ao seu andar. Só isso.

Ahhh a expectativa, a tal da mãe da decepção. Mais ou menos, mais ou menos, não é mesmo? Porque, se você parar para pensar bem, aquele hype em todo trailer te faz imaginar que, num mundo perfeito, os filmes deveriam ter a duração de dois minutos e meio.

Se não fosse o bastante, e para ver que não estou exagerando, existe trailers dos trailers, os tais teasers trailers. Como essas produtoras não fazem nada que não seja calculado (financeiramente falando), devem imaginar que a ansiedade dessa geração Y e Z pedem por isso.

Voltando para o hype, ele não é muito difícil de provocar, ainda mais aqueles que mexem com a nossa memória afetiva, certo? Vamos lá, pensa bem, o último episódio de Star Wars foi bom, muito bacana, resgatou todos os elementos mais básicos da sua história. Mas dá um tempo, apesar dos bilhões de lucro, se você parar para pensar um pouco, foi bom, mas não tão bom quanto foi vendido.

star-wars-7-character-guide-finn-rey.jpg"Puta que pariu, corre porque só achei o filme bom e não mais que isso!"

A questão é que aceitamos comprar o pacote completo. A nostalgia, os trailers que não mostravam absolutamente nada a não ser nos instigarmos, uma história que nos fizesse esquecer (e olha, agradeço muito por isso) aquela trilogia que Não deve ser nomeada.

O ponto é, somos levados pelo hype.

Como aquela série do Netflix. Ou qualquer outra série do Netflix, que, por ser uma série do Netflix, já ganha o título de série boa do Netflix. Troque a palavra Netflix por Marvel e temos, mais ou menos, a mesma coisa.

Voltando para aquela série do Netflix, Stranger Things, seja sincero consigo mesmo. Ela também é boa, mas te pega pela nostalgia também, não é mesmo? O que muda nisso tudo, e olha que é desse detalhe que estamos falando, é o hype que se cria em torno dela, afinal de contas, como alguém não vai curtir uma série que referencia toda a cultura pop da década de oitenta, hein, hein?

stranger-things-netflix-196205.jpg"Não precisa evocar nenhum monstro do mundo invertido, te juro que gostei da série."

Pensa só naquelas estreias que acontecem as quintas aqui no Brasil. Grandes portais assistem a pré-estreia logo no começo da semana e escrevem suas críticas, que funcionam, agora com ou sem spoiler (o que não faz muito sentido, não é mesmo?). Você, meu caro desavisado que quer fazer parte de todo aquele clima que vem se desenhando há meses, abre a página e, bem, de acordo com o portal, não era tudo aquilo que você imaginava.

Você só viu dois minutos de cenas cortadas com uma trilha sonora e meia dúzia de críticas negativas e já torce o rosto, lamentando pelo filme ser ruim, sem ao menos ter assistido. E o pior de tudo é que, se tem coragem de se meter nessa, já se senta na sala de cinema esperando não gostar do filme. O que não faz muito sentido também, não é mesmo?

O inverso também é totalmente plausível, ou você seria louco de não gostar de algo que todo mundo diz que é excelente, como La la Land ou Moonlight?

la-oscars-2017-89th-academy-awards-the-moonlight-la-la-land-best-1488173030.jpg"Imagem autoexplicativa do Oscar sobre o hype e a sua opinião do filme."

Tudo vai depender, e muito, do quão você deixa se levar. Ainda mais em tempos como os atuais, em que tudo é questão para discussão e polarização de lados. A tal da pós-verdade, certo?

Por isso, aqui vai uma dica, talvez nada daquilo que você imagine de diferente. Quer assistir algo? Vá na fé. Sem medo de se arrepender profundamente de uma infeliz escolha. Porque, afinal de contas, ela é sua e cabe a você dizer se valeu a pena ou não, certo?

Star Wars Episódio VII e Stranger Things são bons. O que não significa que são tudo aquilo que dizem, como a nova obra prima da atualidade. São apenas bons.

E, no final, ser apenas bom está de bom tamanho.


Rafael Moreno

Aquele clima despretensioso dos filmes dos anos oitenta, com uma dose de Tarantino e uma boa trilha sonora ao fundo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Rafael Moreno