Giseli Rodrigues

Especialista em Leitura e Produção de Textos, Gestão de RH e Gestão Empresarial. Professora. Escritora. Viciada em livros, viagens e chocolate. Fã de José Saramago e Amodóvar. Gosta de Arte Abstrata e rabisca com frequência. Tem um filho, escreveu um livro e plantou uma árvore. Mais textos podem ser encontrados em http://amorcronico.wordpress.com

  • amortoxico.jpg
    Relações Tóxicas

    Em relações saudáveis as pessoas têm confiança e liberdade para falar de seus problemas, expressar o que sentem e ajudar um ao outro a conseguir o que for preciso. Se há falta de diálogo, um não escuta o outro, os problemas do outro são considerados sempre mais importantes do que os seus e o que você sente não é considerado, essa relação não está equilibrada.

  • superioridade.jpg
    Você não é superior a ninguém

    Superiores e melhores são as pessoas que não julgam, não ridicularizam e não condenam ninguém. Que respeitam as diferenças, são empáticas e capazes de aceitar os outros como eles são. E estes, tenho certeza, não se julgam melhores do que ninguém.

  • audray.jpg
    Cuidado com o que você deseja

    Todas as conquistas trazem consequências, responsabilidades e situações que não havíamos imaginado antes de ter conseguido realizar nossos sonhos. A vida não é uma sequência de cenas perfeitas, com realizações seguidas de momentos de paz, serenidade e felicidade plena.

  • desamor (1).jpg
    O amor não mata

    Ninguém bate, espanca, humilha, ameaça e mata alguém porque ama demais. Não acreditem nesse discurso. As pessoas matam e causam tanta dor porque estão vazias de amor. Nenhum crime é motivado por amor. Só pelo ódio. O ódio mata.

  • malévola.png
    Nem toda madrasta é má

    Ser madrasta é contestar, diariamente, o estereótipo de mulher má e sofrer com os modelos apresentados pela Disney. É amar, respeitar e se preocupar com um filho que não é seu. É ter consciência de que nunca irá usufruir das mesmas condições dos pais, avós e tios. É conquistar um lugar no coração do enteado e construir uma relação de amor e confiança que ainda causa admiração na maior parte das pessoas.

  • natalsimpsons.jpg
    Por ceias com mais amor e menos climão

    Não existe presente mais útil do que a civilidade, o respeito ao próximo, o bom senso e a noção de que as pessoas não estão na festa – nem em qualquer outro lugar – para servir de deboche, crítica ou piada.

  • fiona.jpg
    O que te impede de amar?

    Não há relações satisfatórias para quem tem dificuldade de se entregar. Para quem está com alguém sem saber se deveria estar. Para quem vê uma relação como uma prisão.

  • viagem.jpg
    Não deixe para depois

    Não deixe para depois. Pode ser que a vida lhe sorria e dê uma segunda oportunidade. Mas na maior parte das vezes ela não dá.

  • amor5.jpg
    Um amor leve

    Amores devem fazer bem. Pessoas podem ser felizes juntas. Um relacionamento pode trazer enriquecimento pessoal. Mas o amor não chega para quem tem medo, para quem não acredita e vive desconfiando que coisas boas nunca irão lhe acontecer.

  • palhacos.jpg
    Amor mal resolvido?

    É difícil aceitar quando a paixão impede de enxergar com clareza, mas se é mal resolvido não é amor. Pode render prazer momentâneo e encontros divertidos, mas depois você se encontra sozinho, com ligações não atendidas, mensagens não respondidas, encontros desmarcados. Sofre, chora e imagina o que poderia ter sido.

  • casal2.jpg
    Até que a morte os separe

    A maioria das pessoas quer encontrar a quem amar e envelhecer ao lado dela. E deve ser lindo conseguir isso. Desde que o relacionamento tenha sido feliz e gratificante. Não uma sucessão de mágoas, brigas, desilusões e rancores. Não quando o casal viveu infeliz e está junto por obrigação, porque não tinha outra alternativa a não ser aturar um ao outro.

  • paratras.jpg
    O que ficou para trás

    Precisamos aprender com o que vivemos, mas não lamentar o que poderia ter sido. Até porque, quando se trata de um relacionamento amoroso, é correr o risco de deixar escapar uma pessoa legal e, no futuro, ficar imaginando o que poderia estar vivendo ao lado dela.

  • separação.jpg
    Quase nunca é para sempre

    Não desista do amor. Mas não se culpe se, por acaso, o seu relacionamento não foi vitalício. A maioria não é. No passado eles também não eram, só fingiam que sim.

  • olhar.jpg
    Olhe para quem você ama

    Quem é a pessoa que você ama? Você a conhece? Ou acha que conhece? Ou criou uma pessoa fictícia e nem sabe mais quem é seu companheiro verdadeiramente? Olhe. Não seja egoísta. Pense no que ela quer, no que a faz feliz e em como vocês podem viver as experiências juntos.

  • amor-arvore.jpg
    Toda forma de amor

    Precisamos de um mundo com menos dedos apontados dizendo como deve ser o comportamento das pessoas e mais amor, sob todas as suas formas. Porque o amor não se preocupa em agredir, violentar nem matar ninguém.

Site Meter