um paradigma no espelho

busco no mundo aquilo que me faz falta e me causa excesso

JESSICA CICCONE

Entre cinzas de uma cidade incansável, busco as respostas das perguntas não proferidas. Aceito propostas e acredito em promessas. Em uma viagem de pensamentos levo a mochila cheia de palavras

ÚLTIMO DESEJO

Sonhe o mais alto que puder, tenha os desejos mais loucos que se pode ter, mas não se esqueça: viver é melhor que sonhar (como já dizia Elis).


Em algumas histórias, sejam elas de ficção ou não, encontramos momentos nos quais alguém pergunta: Qual é o seu último desejo? Em todas as vezes que me deparei com essa pergunta, refletida apenas na realidade de um outrem, não havia parado para pensar qual seria o meu último desejo. Até hoje.

Todos os dias temos deveres e compromissos a serem cumpridos, deixamos de lado muitas das nossas vontades para cumprir com nossas responsabilidades. Sequer pensamos na possibilidade do dia de hoje ser o último. Somos audaciosos. Fazemos planos para as próximas férias, sonhamos com carreiras profissionais que atingirão seu auge próximo às nossas aposentadorias. Aliás, pagamos previdência por termos a certeza que um dia iremos nos aposentar. Financiamos casas em suaves prestações por no mínimo trinta anos. Vivemos como seres imortais. Mas não somos.

IMG_4716.JPG

Observando um pôr-do-sol comecei a refletir sobre (e pergunto, quando foi a última vez que viste um pôr-do-sol? E não digo esses que você costuma ver através do pára-brisas do seu carro em um trânsito infernal). Todas as nossas possibilidades estão inseridas em um único dia, são 24 horas e pode até ser menos que isso. E ninguém aqui está falando de atitudes inconsequentes ou irresponsáveis. Mas um toque de loucura às vezes se faz tão necessário.

E agora que chegamos aqui, eu pergunto: qual seria o seu último desejo?

Talvez não seja algo tão fora do comum. Há quanto tempo você está adiando aquela ida ao seu restaurante favorito? Quantas semanas faz que você não senta e relaxa lendo um livro qualquer? Qual foi a última vez que você cantou até ficar sem voz no show da sua banda favorita?

Talvez o último desejo seja ganhar o abraço de alguém e talvez esse alguém tenha como último desejo o seu abraço também. Para que correr o risco de deixar isso no fim da lista?

Listas. Quantas listas você fará e quantas coisas deixará de fazer por ficar listando tudo o que deseja fazer. Desejos foram feitos para serem realizados, e não há nenhum gênio da lâmpada e seus desejos não precisam se resumir a três. Sonhe o mais alto que puder, tenha os desejos mais loucos que se pode ter, mas não se esqueça: viver é melhor que sonhar (como já dizia Elis).

E se a pergunta é retórica, chego a conclusão: meu desejo seria realizar meus desejos ao longo de um dia. E que esse dia seja hoje.


JESSICA CICCONE

Entre cinzas de uma cidade incansável, busco as respostas das perguntas não proferidas. Aceito propostas e acredito em promessas. Em uma viagem de pensamentos levo a mochila cheia de palavras.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// @destaque, @obvious //JESSICA CICCONE