uma nova perspectiva

A arte de olhar os detalhes

Mel Biaso

formada de inspirações, idealizada de sonhos. Acredito que nós leitores somos psicólogos dos grandes escritores.

A relação entre nossa essência e a felicidade

A felicidade não vem pra ficar, ela vem, bate na nossa porta quando estamos distraídos, entra, e depois de alguns momentos se despede, se ela vai voltar novamente, só depende de você.


indecisao 03 .jpg

A relação entre a própria essência e felicidade estão mais ligadas do que nós imaginamos, enaltecemos a felicidade a todo momento, temos a ilusão que ela seja eterna, que uma vez conseguida a tão sonhada e esperada felicidade, ela nunca mais escapará de nós, vivemos numa busca desenfreada para conseguir, nos formar na faculdade dos sonhos, arranjar o emprego almejado, comprar o carro do ano, estar sempre bem vestido aos olhos alheios, ter uma casa grande que caiba todos os amigos, mas nem sempre conseguimos todos esses êxitos no tempo desejado, alguns se desesperam, caem em depressão, mas há alguns que mesmo sem ter conseguido aquilo que está batalhando pra um dia conseguir se sente bem consigo mesmo. Isso é felicidade.

A felicidade não vem pra ficar, ela vem, bate na nossa porta quando estamos distraídos, entra, e depois de alguns momentos se despede, se ela vai voltar novamente, só depende de você. Esse estado de espírito tão almejado, depende exclusivamente de nós, ele requer que nos conheçamos excepcionalmente bem, que nos conectamos com o nosso interior e enxergamos a nossa essência, a primordial, sem mascaras, sem retoques, essa conexão se dá o nome de paz interior.

indecisao 07.jpg

Posteriormente temos duas opções aceitar o que nos é dado, o que temos aquele momento, ou lamentar pelo que não foi conseguido. Bom... a primeira opção é o segundo ingrediente que a felicidade requer para lhe visitar novamente, Aceitação. Poucos tem o dom da aceitação, aceitar o pouco que nos é dado, ou que conseguimos, sem lamentar o muito que almejamos e que ás vezes não é de nossa alçada.

Contudo agradecer por esse pouco que é nosso, reconhecer o que merecemos naquele tempo faz parte da volta desse momento tão excepcional que é o pico de felicidade. Agradecer sempre é o melhor remédio pra tudo, a gratidão é uma riqueza de espírito, pois é sempre mais fácil pedir do que agradecer, pedir porque quanto mais nós temos, mais pouco isso nos parece, mais nós queremos e o muito passa a não ser suficiente, queremos sempre mais!

indecisao 05.jpg

A felicidade parece complexa, e é. Mas a partir do momento que nos conectamos com a primordial essência do nosso ser, conseguimos tudo o que precisamos para sermos felizes, A felicidade não requer casas de luxo, carros importados, roupas de marcas, ela só precisa ser reconhecida dentro de nós, Cora Coralina nos deixou esse legado bem claro, a felicidade está na simplicidade, e não há nada mais luxuoso que a nossa riqueza de espírito que vai totalmente contrária a riqueza externa, ás vezes estamos tão longe da felicidade porque estamos indo contra a correnteza, remando na contra mão do rio, nos esforçamos muito sem conseguir o êxito, mas se nos conectarmos com nosso interior e agradecermos o que temos com certeza seremos felizes!

Contanto tenha ambição de crescer na vida, mas aceite o que você já tem, se esforce pra conseguir mais, porém agradeça o que você já conseguiu, e por fim não esqueça jamais quais são os seus valores primordiais, pois a felicidade é uma combinação de desses três ingredientes, a paz interior, a aceitação e a gratidão.


Mel Biaso

formada de inspirações, idealizada de sonhos. Acredito que nós leitores somos psicólogos dos grandes escritores..
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Mel Biaso
Site Meter