uma nova perspectiva

A arte de olhar os detalhes

Mel Biaso

formada de inspirações, idealizada de sonhos. Acredito que nós leitores somos psicólogos dos grandes escritores.

Drummonde-se

Apaixonar-se por Drummond não é difícil a cada verso, cada frase encontramos sentimentos puros de um renomado poeta mineiro que nos remete a uma viagem poética coberta de muitas descobertas. Portanto eu desejo a todos que leem esse texto para se deixarem levar por essa maravilhosa viagem.


Drummond jpg

Pérola da nossa literatura, Carlos Drummond de Andrade, cronista, contista e poeta brasileiro nascido em Itabira Minas Gerais, teve sua ascensão na segunda fase do modernismo que ocorreu de 1930 a 1945. Época marcada por um estilo rico de produção poética, nesse período o universo temático ampliava-se na preocupação com o destino do homem e no estar-no-mundo.

Formado em farmácia, Drummond começou a se dedicar a algo que falava mais alto em seu coração. As palavras. Foi aí então que fundou “A Revista” com Emílio Moura e outros companheiros para divulgar o modernismo no Brasil. Em 1925 casou-se com Dolores Dutra De Morais com quem teve dois filhos. Maria Julieta Drummond De Andrade e Carlos Flávio Drummond De Andrade que viveu apenas meia hora e a quem ele dedicou o poema “O que viveu apenas meia hora” no qual se percebe a imensa dor do poeta em descrever o sentimento da não trajetória do filho no mundo.

Drummond 02 .jpg

Volto a dizer nesse artigo que poetas são seres que vivem com uma missão no mundo. A missão de sentir. Esses seres tão sensitivos e altamente expressivos nos dão o sabor de poder compartilhar de seus sentimentos mais profundos, sejam eles, amor, dor, paixão, e por aí vai...

Drummond não era diferente, considerado por muitos o poeta mais influente do século XX, herda a liberdade linguística, verso livre ou as temáticas cotidianas do modernista, porém ele vai além, suas obras alcançam Fernando Pessoa, Jorge Lima, Heberto Helder, ou Murilo Mendes, um coeficiente de solidão que desprende do próprio solo da história, levando nós leitores a uma atitude livre de referencias.

Apaixonar-se por Drummond não é difícil a cada verso, cada frase encontramos sentimentos puros de um renomado poeta mineiro que nos remete a uma viagem poética coberta de muitas descobertas. Portanto eu desejo a todos que leem esse texto para se deixarem levar por essa viagem, por esse exímio poeta do nosso país, que nos representa muito bem! Drummonde-se cada vez mais, deixe Drummond envolver você, levar você, perca todo o seu juízo nessa viagem por dentro da literatura e por dentro dos sentimentos dele que vão tocar vocês. Aqui deixo à vocês apenas uma prova de todos os sabores de Carlos Drummond De Andrade.

Carlos-Drummond-de-Andrade.jpg

“O mundo é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.” Carlos Drummond de Andrade

“Os homens distinguem-se pelo que fazem; as mulheres, pelo que levam os homens a fazer.” Carlos Drummond de Andrade

“Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo.” Carlos Drummond de Andrade

“Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.” Carlos Drummond de Andrade

“Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons.” Carlos Drummond de Andrade

"Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade." Carlos Drummond de Andrade


Mel Biaso

formada de inspirações, idealizada de sonhos. Acredito que nós leitores somos psicólogos dos grandes escritores..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/literatura// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Mel Biaso