verso Único

ou o universo inteiro

Grace Bender

O Verso Único, um espaço para ensaios, inspiração, expressão, artes e despertar. Servir, vir a Ser. Ser agente para uma tomada de consciência interior; a busca pelo conhecimento de si mesmo e da própria existência. Que si é esse que me habita, que te habita? Consciência para além de si mesmo, habitare mecum.

O princípio da cura pelo som


hans-jenny.jpg

Compreender que "Tudo é vibração " significa estar atento para um princípio de regência universal no qual absolutamente tudo na natureza, de acordo com as leis naturais (Dharma), está em constante vibração. Toda energia produz uma vibração e toda vibração, por conseguinte, produz um som. Desde o século passado é comprovado, pela ciência da Cimática, que o som cria a estrutura física e são as variadas frequências que moldam os objetos do mundo sensível - de protosoários e microorganismos simples até as mais complexas galáxias e sistemas interestelares.

Durante as décadas de 60 e 70, o cientista físico suíço Hans Jenny realizou interessantes experimentos que comprovam essa realidade. Jenny, considerado o pai da Cimática, inventou o tonoscópio, uma máquina que permite a voz humana vibrar diretamente em uma placa metálica, coberta com cristais de areia finíssimos, mediante o uso de um microfone, osciladores sonoros e equipamentos eletrônicos.

Um dos impressionantes resultados da pesquisa de Dr. Jenny pode ser observado nas duas imagens abaixo. Na imagem 1, a mandala Sri Yantra, provavelmente uma das mais famosas encontradas em milhares de templos na Índia, representa o mantra “OM”. Na imagem 2, o cientista suíço entoou o “OM” continuamente em seu tonoscópio e obteve um resultado espantosamente similar ao da figura 1.

sri-yantra.jpg

bb_01.jpg

Curiosamente, a história da Cimática não é tão recente quanto se imagina e os experimentos do físico suíço nos levam a pensar que esta ciência já tenha sido conhecida pelos indianos antigos e por tribos africanas quando, há pelo menos mil anos, utilizavam tambores com pele esticada e polvilhada com pequenos grãos para adivinhar eventos futuros.

Leonardo Da Vinci, durante o século XV, também já percebia que ao vibrar uma mesa de madeira com poeira eram criadas variadas formas geométricas. No século XVIII o físico Ernst Chladni realizou testes incríveis com areia sobre uma placa metálica acoplada em seu violino. Percebeu que quanto mais elevada era a frequência da nota entoada no instrumento, mais complexos também eram os desenhos formados.

Se o som afeta de fato a matéria física, a terapia com estímulos sonoros e música, adequadamente utilizada, pode interferir beneficamente em nossos corpos físicos, mentais e emocionais. Nossas células, tecidos, órgãos, são compostos de átomos que vibram em frequências diferentes, e assim também os nossos pensamentos e emoções. Com efeito, a música tem a capacidade de atingir esferas inalcançáveis para o intelecto.

Quando o som flui através de nossos corpos, ele afeta a sua vibração e permite um rearranjo molecular. Certas combinações harmônicas de sons são interpretadas pelo organismo humano como uma chave para a restauração do equilíbrio interno, o retorno ao estado natural de saúde e prevenção. Essa chave é a harmonia que converte o som em uma ferramenta poderosa de transformação, tanto para criação quanto para destruição. O som e a música podem alterar quaisquer substâncias e, dependendo da intenção e correta aplicação, também promover a cura.


Grace Bender

O Verso Único, um espaço para ensaios, inspiração, expressão, artes e despertar. Servir, vir a Ser. Ser agente para uma tomada de consciência interior; a busca pelo conhecimento de si mesmo e da própria existência. Que si é esse que me habita, que te habita? Consciência para além de si mesmo, habitare mecum. .
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/tecnologia// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Grace Bender
Site Meter